Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, abril 24, 2006

Nevoeiro...

Foto de Clifford Ross

Eu again!!!
Parece-te o preto algo que não trago em mim? Brilharei demais neste nevoeiro de tamanha dimensão?! Talvez não. Talvez nenhuma objectiva consiga obter a imagem do meu Eu para ti. Sou tudo o que te escrevi em cartas intermináveis, pois nunca lhes puseste o fim e o meu terminar é sempre um meu sorriso.
Tu...
Reticências de tua alma lançadas supostamente ao acaso. És muito. Enviei-te apenas reticências, porque não saem as palavras quando há tanto. Tudo já fora descrito tantas vezes, mas haverá sempre um poema para escreveres, haverá sempre um sorriso para me enviares, estaremos sempre nalguns lugares só nossos pela forma como nos lembramos deles... Os meus pensamentos estão claros e teus olhos me dirão as minhas certezas... são as tuas verdades e és especial... por mais que possa parecer qualquer outra coisa... as tuas letras resumiraram os passos recatados que permitiste...
:)

O nevoeiro é um ponto
De umas reticências entregues nos meus dedos
Em palavras encontradas
Numa alternância significativa
Entre dúvidas capazes
Entre tomadas de mãos que se partilham

O nevoeiro está denso
Assim... prossigo na obscuridade
Apenas caminho, calma, cúmplice
Aguentando... esses remos que me querem levar
Mas vou... onde só vai...
..."quem não tem medo de naufragar"...

Eli

:)

27 comentários:

Miguel... disse...

O teu blog é sempre como descobrir uma nova pagina de um livro, todos os dias cá venho á procura de algo cm isto, algo de novo, algo de bom...

Sea disse...

no comments, porque gostei demais.
Deixo-te um beijo
Uma boa semana :)

Santinha disse...

Ai o nevoeiro que não deixa ver a menina....

;)
Beijocas

Amaral disse...

Estás numa cruzada fantástica, numa viagem de sonho e magia, ainda que o nevoeiro ameace e esse receio se manifeste de vez em quando… Nas tuas reticências, vislumbramos uma imagem de força, um génio a sair da lâmpada, um desejo enorme de chegar ao destino que projectaste...

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

O nevoeiro é sempre sinal de um novo dia soalheiro.
Estou certa que será isso que as palavras de hoje te trarão. um Sol morno e alegre.:-)

Pensamentos do João disse...

Desejo te um bom 25 de abril ;)
Com muitos sorrisos ;)))))

Piolha electrica disse...

mafalda veiga anda em alta este fim de semana!!!
assopras o nevoeiro com força e ós pois já consegue ver bem com a bistinha!! oh pra mim a aparvalhar k é uma coisa parva!! :)
***

Paola disse...

Amiga, quase que não consegui ler o que está em vermelho, só pude quando puchei aqui neste espaço na integra a postagem, se puder aumentar a letra para que todos possam ler........ desculpe, mas me ardeu os olhos.....

Amei o que escreveu,

beijocas

Paola

Apeles_E disse...

em primeiro lugar, mafalda veiga é amor.

depois... esta pérola - "o meu terminar é sempre um meu sorriso" - fez-me arrepiar. é mesmo o q eu ando a pensar há uns dias para uma coisa q tou a escrever. mais "projectos inacabados" (:

e "novoeiro" fez-me lembrar aquele poema lindo de Pessoa da "Mensagem"... oooh (L)

*

Musician disse...

Eu gosto do nevoeiro! :)
Tao bom senti-lo!

Beijinho*

miosotis disse...

Tens alma de poeta!!

bjs

Nelsinho disse...

Naufraguei nas tuas letrinhas vermelhinhas, Elinda!
Acho que preciso de novas lentes...

Pelo conteúdo das letras brancas, constato que continuas maravilhosa!

Nelsinho

Moranguita disse...

lindo... simplesment lindo... sabe mm bem vir ao teu blog comentar e ler aquilo que escreves pois cativa quealquer pessoa. acredita... o que escreves é simplesmente espectacular... um bjto do tamanho do mundo pa ti
(",)

Vanessa disse...

Difícil de comentar uma força tão tua...

Fico-me pelas reticências também... sabendo que aqui se diz muito...

Beijinho grande*

almaqueabsorveaslagrimas disse...

E quem é que não tem medo de naufragar? ;)

beijinhos **

Kalinka disse...

O teu blog delicia-me, fico atraída pelas tuas belas palavras.
Falas do nevoeiro, pois neste momento da minha vida parece mesmo que estou encoberta por uma grande neblina e, que não encontro a saída...está uma neblina cerrada à minha volta.

Como tu mesmo escreves, o nevoeiro está denso
Assim... prossigo na obscuridade
Apenas caminho, calma, cúmplice
Aguentando... esses remos que me querem levar
Mas vou... onde só vai...
..."quem não tem medo de naufragar"...

Beijokas grandes.

miguel disse...

O nevoeiro é uma atmosfera... mistica e embriagante. E eu gosto... ;)

Dark-me disse...

Sem palavras te deixo, desaparecendo no meio do nevoeiro.

Kalinka disse...

Ah, gostava que fosses ao kalinka ver o artigo que publiquei, num Desafio que me foi feito...
Tive que publicar por 3 x pois da 1ª vez, a net estava com problemas e cortou-me o texto ao meio, e tive que fazer a sua continuação. Depois fui ao site e vi mais atrocidades e tive que publicar também, não devemos deixar passar impunes quem faz estas coisas, devem ser divulgadas.
Beijokas.

Clife disse...

«Mas vou... onde só vai...
..."quem não tem medo de naufragar"...»

Ora aí está! E tá td dito ;) ***

antonior disse...

Eli, Elizinha...
Do nevoeiro se esperam sempre jorros de luz, sebastiões, messias....umas vezes não vem nada, outras nada vem, e outras demonstram que os milagres são um exercício do possível improvável, não do impossível que só por si o é...

Beijinhos e sorrisos mil.

Um outro olhar disse...

o nevoeiro...

algo que deixa vislumbrar, mas sem ver e destinguir, outras vezes não deixa ver, e de repente algo nos surge como por um acaso...

assim são os nossos pensamentos, os nossos olhos...

não prossigas na obscuridade, foge dela, procura os espaços de luz e os intervalos de claridade para te darem capacidade e visão de saberes qual o rumo a tomar

:)

Nuno Filipe Silva disse...

:)

Pipas disse...

Bem,simplesmente espectacular.
Que palavras,que sentimento.
És demais.

boxexas disse...

Olá! =) Já encontrei tantos comentários teus noutros cantinhos, que já algum tempo venho a visitar o teu. Hoje, decidi comentar, porque perdi-me completamente nas tuas palavras, na tua viagem.. naveguei nas tuas reticências cheias de força, envolvi-me nesse teu nevoeiro! Senti que irás lutar, pois tu não tens medo de naufragar, irás ao sabor das marés, até que o nevoeiro se dissipe, enquanto abraças o sol!! ;-) beijokas enormes**

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! Comments about moving companies in omaha nebraska gameboy emulator games for windows