Agora nem nómada, nem emigrante.


terça-feira, maio 02, 2006

O fundo azul



Quantas vezes me perco em pensamentos e me lembro de ti e sobre o que me dizes, de como me fazes sentir... No entanto, depois lembro-me de como já me apeguei às pessoas tantas vezes e passei maus bocados devido à minha espectativa... no entanto, da outra parte haverá sempre alguma, que eu, com a minha frieza prezo em dissipar tantas vezes.

Em tudo o que me envolvi me entreguei, sou eu, mas quando me aceitam, não é só à minha alma dissecada do corpo. Além disso, seria impossível não ser composta por aqueles que considero parte de mim. Sou também o que vêem em mim, os sentimentos que têm por mim... sou tantas vezes o meu nascimento e a minha morte em fatias... nunca fui apenas aparência e, agora, sou quase e só interior. Neste interior revelado em palavras, sou um ente, não chego a ser gente... e sou as relações humanas e sou muito mais do que isso, porque a cabeça não me permite apenas um só sentimento, um só coração... que é vadio acima de tudo.

Eli

:)

33 comentários:

GNM disse...

Mais que um fundo.
Um mundo!

Mais que um ente.
Gente!

Perdidos e encontrados nas
esquinas de algo que sendo
nada é tudo.

Passado?
É somente o chão gasto de
tão pisado.

Futuro?
É nosso.

online disse...

Oh mulher...
Põe isso a verde, eu quase não consigo ler:))

E já que só servimos para descobrir um ponto:)))

Coisas do amor, coisas desta vida louca, sempre ao sabor do vento, sempre contra a corrente...
Quantas vezes ando p`ra trás, mas o meu caminho fica para a frente!
E agarro-me, agarro-me ao não vejo ou sinto...


O beijo

Dani disse...

Mas na imagem só mostras o que és por fora! :)
Guardas o resto para a escrita...

a.s. disse...

"o fim"

a tristeza é a cona da morte
tem a testa alta e a boca funda
aparta os lábios e suga-me em saliva podre
bloqueia-me as guelras com os pelos púbicos
desata a cuspir-me insectos nos olhos
não consigo ver nada
ouço as paredes genitais a ranger
apertam-me os passos
segregam excremento
cheiram a merda
sinto-me mal, sabes?
estou triste por não morrer
*
estou em http://autopsiadadecadencia.blogspot.com
*
beijinho,
alice

Sea disse...

Soou-me um pouco a perdida... Um pouco de lamento, tristeza... Será esse o teu fundo neste momento?
Um beijo :)

Who disse...

"És um ente, não chegas a ser gente... e na viagem da tua alma estás comigo!...

Clife disse...

Quanto mais se Tem menos se É. Tu És! *

Amaral disse...

Como é belo o azul… Não é nele que encontras qualquer frieza, mas é nele que a imensidão se estende na tua imaginação… O que afirmas revela uma coexistência profunda com o teu ser, denota um encontro com o que parece separado de ti, mas que, sabiamente, reconheces como fazendo parte "daquilo que és". És, na verdade, muito mais do que um sentimento, muito embora todos os sentimentos não passem de "ramificações" do único sentimento que é a tua essência...

Beatriz disse...

absolutamente. somos nos outros muito mais do que apenas nós. condicionantes que se projectam no nosso rosto e às vezes substituem o nosso valor...
esse texto veio mesmo a proposito...

beijinhos

Pensamentos do João disse...

Apenas...ainda não te encontras te...
Um beijo eli ;)
tem uma boa 3feira ;)

Corvo Negro disse...

Quem te faz apagar é borracha... a borracha deve ser usada apenas para isso... apagar. Apaga Eli, o que houver realmente para apagar.

Maria disse...

=)

www.bate-bocas.blogspot.com

Martuxa disse...

Tu... Com tudo o k tens e com td o k és...
Sorrisos e beijos

Siamese Master disse...

Para toda a porca...

há um parafuso...


Nem sempre o amor é o melhor que nos acontece... Tipo Romeu e Julieta!!!

Mas sempre voltamos a querer amamar mais..

e porquê???


Porque amamos o amor

Eli disse...

GNM: Mas que belas palavras sentidas, que adorei!

:)

Eli disse...

Online: Fazes muito bem em usar essas garras!

:)

Eli disse...

Dani: fizeste uma boa descrição da Eli. Obrigada!

:)

Eli disse...

a.s. : Alice!!! Voltaste! Entretanto tinha perdido o teu rasto, se bem que não estive sempre atrás, pois existem momentos em que temos que nos ausentar.

:)

Eli disse...

Sea: o meu fundo são os meus pensamentos... aqueles foram os pensamentos no momento em que escrevia!

:)

Eli disse...

Who: Gostei que tivesses vindo ao meu blog! Claro que eu gostava de saber quem és...

:)

Eli disse...

Clife: "quanto mais dás de ti, mais tens"... não é?! Mas isso aplica-se a ti! :hug: BJNC

:)

Eli disse...

Amaral: Obrigada! É mesmo o que sinto que transpareço.

:)

Eli disse...

Beatriz: ...tal como os teus vêm muito a propósito para mim!

:)

Eli disse...

Pensamentos do João: Já me encontrei tantas vezes... mas, ao nível do equilíbrio, roço a parte mais negra do equilíbrio e, na maior parte das vezes estou por lá!!!

:)

Eli disse...

Corvo Negro: Não apago nada que faça parte de mim, pois só assim serei eu.

:)

Eli disse...

Maria:

:)

Eli disse...

Martuxa: Eu. Sim. Sempre!

:)

Eli disse...

Siamese Master: Adorei!

Obrigada!

:)

Um outro olhar disse...

é assim que deves ser
de outro modo não tem sentido

pois assim és tu...

:)

Apeles_E disse...

obrigado por teres escrito isso. é lindo. e sinto-o c o meu coração.

e, sabes, não desapareci. continuo aqui. só n tenho actualizado o meu espacinho pq n tenho mesmo escrito.

mas leio-t. e c todo o gosto.

acho q nc t perguntei cm chegaste até mim.

boa noite *

Nilson Barcelli disse...

Coração vadio...
Gostei.
Beijos.

Anónimo disse...

Nice colors. Keep up the good work. thnx!
»

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it how does the male penis work Black reality pussy Tire king service centers free game keno online natural penis enlargement technique Dierks bentley lot of leavin left to do School girl sex clips Antidepressant and sexro consumer report on fatburning supplements Maldives the asian country cosmetic surgery photos digital video camera system