Agora nem nómada, nem emigrante.


domingo, julho 29, 2007

Adeus Terceira


Nómada. Mais uma vez, empacotar, arrumar, enviar... Partir. Vou. Estou de partida, mais uma vez. De volta ao meu outro mundo, aquele que por mais que conheça, não deixa de me reservar surpresas. O desconhecido desta nova fase da minha vida alicia-me. Apetece-me fazer muito. Não me vou render às noites acordadas com dias a dormir... Em cada passo me persigo, espreitando um novo sorriso que me alegre o coração quando menos esperar. Que bom ir e por um belo futuro esperar, enterrando cada frase numa gota de poesia e fotografar-me em diários que não escrevo para que a memória se solte e ria... livre, como a emoção ao sabor do vento e da chuva. Ser.
Despeço-me da "Ilha Redonda" (again) e de todos os que me fizeram sentir melhor apenas pratilhando a sua presença no meu espírito, espaço e vivência...
Sorrio e parto.
:)
Eli
P.S. Palavras e fotografia de Eli.


15 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
Que o teu novo destino seja mais do que desejas...
Um beijo
Daniel

Boxexas disse...

Eli, para te acompanhar neste novo trilho, nesta caminhada que te enche o coração, deixo-te um sorriso com o sabor de um oceano inigualável****

Sei que existes disse...

Feliz partida e chegada!...
Que as tuas viagens sejam magníficas!
Beijos

Nelsinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nelsinho disse...

Elinda,

Para onde quer que vás, que sejas imensamente feliz!

Beijos

Nelsinho

Susana - aveiro disse...

Estás de volta mais uma vez:))
Gostei muito... é o meu 2do preferido! PULSAR... é sempre o primeiro:)
Beijos

João Mãos de Tesoura disse...

Somos feitos do que os outros deixam em nós!

Beijo


P.S. Gostei deste pensamento, vou colocá-lo no meu blog!

Anónimo disse...

Tenho tantas saudades minha amiga que parece q anos luz me separam do que me é mais querido...


Mas agora, jà falta pouco...

Filos

Thiago Forrest Gump disse...

E segue o ciclo natural das coisas.

Abraços

Silvia disse...

A minha vida neste momento também é feita de partidas e chegadas...mas o mais triste no meio de tudo isto é quando encontrámos pessoas que são nossas verdadeiras amigas e temos que as abandonar devido a imensos factores...parece que ficámos mais pobres e perdidos.

Um abraço

Horacio disse...

É sempre bom partir com um largo sorriso no rosto...

mixtu disse...

despedida sentida
de mar
de trabalho
de sonho

e outras viagens se seguirão, seguro...

abrazo en vacaciones

Nilson Barcelli disse...

Partiste (vieste...), mas nunca mais escreveste aqui...
Perdeste-te?
Beijinhos

sonhadora disse...

Na hora dos sonhos venho deixar-te beijinhos embrulhados em abra�os

MiguelGomes disse...

Belo, não é?

Fica bem,
Miguel