Agora nem nómada, nem emigrante.


sexta-feira, agosto 31, 2007

Os amigos...


Ir...
Não haverá nada que me impeça de partir.
:)
Tudo irá melhorar! A cada letra que passa, há um sorriso que não deixo de esboçar, porque me sinto FELIZ! Que me importa a sílaba ou o olfacto de um animal que passa das marcas e abusa do seu destino?! Vou abater as sombras de um fado que foi traçado pelas linhas de mãos alheias e "be me"! Sou! Afinal de que me vale olhar para este amontoado de inspiração diária, quinzenal, semanal se não for para fazer valer todos os rasgos de imaginação possível mesmo que temporária!? E não me perguntarei mais se vale a pena ficar parada ou viver sem sobrevivência diária. Ficar com aqueles sobreviventes de um lugar comum é saciar a sede do prazer de respirar fundo e suspirar sem justificá-lo com outros... com opções, com excepções e viver o dia-a-dia eu mesma! De que vale pensar pouco e não fazer surgir a música de dentro do outro?! Enaltecer as virtudes de um amigo é simplesmente fazer jorrar as vontades de ser mais e ser simplesmente assim. Como admiro a personalidade daqueles que me fazem sentir mais eu que eu mesma consigo e me dão força sem o fazerem, simplesmente assim. Sorrir a uma sorriso sem precisar de imagens... apenas música. Sentir a brisa do vento que arrefece chamando pelo Outono de braços abertos e olhos fechados... por segundos o êxtase de ser EU, mas não o seria tanto assim se não fossem... sim, não seria tão feliz sozinha... as noites repetem-se sem obrigações, sem compromissos. Dar as mãos. As minhas. Segurá-las com sorrisos e fotografias... o copo que se estende de um amigo por um amigo a um amigo... Os amigos...
Eli
:)
Imagem e palavras de Eli...
E já agora... este aqui é digno de ser publicitado... http://siamesesins.blogspot.com/
(Ver post publicado a 3 de Setembro de 2007)

3 comentários:

Silvia Madureira disse...

Olá:

Os amigos são únicos, importantíssimos e raros.
Cuida bem daqueles que consideras amigos de verdade...porque fazem falta...e são como pedras preciosas.
Os meus amigos têm ficado de terra em terra e a distância permanece.

Um abraço

mixtu disse...

lindo...

os amigos... são o tesouro escondido, quem o achar...

abrazo, amiga, yaya

susana - aveiro disse...

Eu na foto:)
"Ficar com aqueles sobreviventes de um lugar comum é saciar a sede do prazer de respirar fundo e suspirar sem justificá-lo com outros... com opções, com excepções e viver o dia-a-dia eu mesma!" - Esta a minha frase preferida. Eu sou sobrevivivente, somos todos os que ainda estamos juntos...e sabes porque o somos? Porque continuamos amiguinhos, se assim não fosse não tinhamos sobrevivido, não é verdade?
Beijos