Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, junho 15, 2009

Mãos Entrelaçadas


Tenho andado a sonhar com este gesto. Ora aparece uma cara, ora outra em nome do Amor. Não achas estranho que o meu inconsciente te leve aos poucos a duvidar da tua existência?!
Eli...

3 comentários:

Anónimo disse...

o Amor pode ter várias caras! resta saber, se nos teus sonhos vês as várias facetas do Amor, umas vezes mais forte e presente, outras mais trémulo e distante, ou se vês a cara de alguém amado, mas que se desvanece, apagada por dúvidas.
será que soube ler as entrelinhas e entoações? :P
:-))

em_segredo

Eli disse...

em_segredo

Soubeste ler com uma ajuda na interpretação... nota-se bem que não estás completamente fora do contexto, mas ainda bem que tens esse descernimento. Nem sempre a capacidade de ler nas entrelinhas se manifesta em quem está a ler apenas à distância. Estamos perto... afinal...

:)

Vieira Calado disse...

Vim dar uma olhadela.

Julgo que foi a 1ª vez.

Achei variado e interessante.