Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, dezembro 31, 2009

Insatisfação



Encosto-me para trás. Há muito que não me sentia assim. Pensei em escrever naquele diário de capa negra, sem linhas, onde mais ninguém coloca o pensamento, onde não sou interpretada ou analisada. Mas, aqui estou eu, tentando ultrapassar mais um dissabor. Quando algo está bem comigo, necessita sempre de um ponto de viragem. Normalmente, não é para melhor. Só agora reparo nisso. Só agora guardo algumas ideias na gaveta certa. De que vale uma dança, de que vale a porcaria de uma estabilidade. Onde pára o sonho?! Em tempo de balanços e desejos para um novo ano, sinto-me um pouco à deriva. Deixei de ter grandes motivos de luta, pois esta já se tornou normal. As banalidades de uma nova adaptação surgirão mais tarde...

Hoje sinto-me um pouco como que atraiçoada. Não me vou culpar. Há que erguer as mãos e agradecer pelo que sou. Deixar esta raiva passar, pois há muito para além disso.

Amanhã
Como eu
O mundo será o mesmo
Envelhecendo mais um dia
Sem excessos
Nem demasia.

Bons progressos!

:)

Eli

10 comentários:

Salvador d'Almeida disse...

aqui auto interpretas-te e preparas o amanha com o resultado da reflexao, os verdadeiros progressos

Vagabundo Social disse...

Oi Eli, força nisso, eu aspiro também por um ano e uma década melhores, se possível. A insatisfação é sempre constante... Olha, já respondi ao teu desafio... ;) Bjs e um 2010 superior

Gonçalo disse...

Uma mensagem banal e sem uma ponta de luz para o novo ano. Há imensas coisas e pessoas que permitem soltar o teu sorriso bonito, nem tudo é banal, e nós somos os principais criadores da nossa existência.

Portanto, o que desejo para o teu novo ano: sê criadora de Amor, tal e qual já provaste ser, e eu estarei contigo!


Preciso de ti, minha querida! (com luz!)


Beijinhos fofos **** :)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Querida Amiga Eli

Sinto tanta falta tua também pelo que explico no meu canto e nao só. Hoje liguei-te e tudo mas o teu tlm so deu para uns segundos de gravaçao :(

Mas deixa-me dizer-te isto: bem vinda ao clube de quem deixou "de ter grandes motivos de luta, pois esta já se tornou normal".

Canto contigo a canção de John LOgan.

What's another year for someone who's lost everything that he owns

an what's another year for someone who's getting used being alone

Como vês, o teu desencanto, ainda que eventualmente por diferentes motivos, é apenas uma visita a quem já o conhece tao bem.

FELIZ ANO NOVO onde impere a Amizade e o Amor incondicionais... e a tua inteligência do coração...

Obrigado, Eli. E sorri.

Eli disse...

Salvador d'Almeida

Obrigada. Afinal não passa disso mesmo na maioria das vezes: uma reflexão.

:)

Eli disse...

Vagabundo Social

Obrigada pelas tuas palavras. Já vou passar lá no teu blogue para ver isso... estou curiosa...

:)

Eli disse...

Gonçalo

Compreendo a tua exigência constante. No entanto, meu blogue é feito à minha imagem e semelhança, sim, mas de acordo com a inspiração que me surge e sem obrigações.

Obrigada pela força, mas como já te cheguei a dizer, eu não queria que me dissessem que não era assim, mas apenas que me compreendessem.

Tem uma Boa Noite!

:)

Eli disse...

Daniel Silva (Lobinho)

Olá Lobinho.

Peço desculpa desde já por não ter retribuído a tua chamada ou dizer-te o que quer que fosse. Às vezes não tenho a noção da importância que tenho e penso que se não disser nada para já, não há problema... enfim... a vida leva-me um pouco para esse lado (bravio). A tua mensagem (de voz) não tinha nada...

Sobre as lutas e desafios... concerteza que haverá surpresas, mas gostava mesmo que a vida nos desse ainda mais!

Feliz Ano! Obrigada pela compreensão.

:)

Anónimo disse...

Tempo de balanço... baahhh!!
A chegada de um novo ano não é mais do que um bo motivo/desculpa para cometer alguns excessos e ter uns momentos de folia .
A nossa vida, acto contínuo, não se pauta pelo decorrer do calendário, nem por anos que findam e por outro que começa,mas sim pelo acumular de experiências, saberes, sensações,...
Pelo que me apercebo, antes de se iniciar um novo ano, há a forte tendência de se pedir muito, de se prometer muito,...
Um ano dpois, o mais provável é que poucas dessas coisas se tenham realizado, fosse por inércia, azar ou Destino, se é que ele existe.
Já me sinto a divagar, por isso...
Bom dia 2 de Janeiro de 2010...
E que 2010 seja tão bom quanto possa ser!
:))

em_segredo

Eli disse...

em_segredo

Sim, é tempo de balanço, mas quando não é?! Na minha vida, eu olho bem para o que foi e não volta a ser e para o que é. Afinal, não é por mudar o ano que vou mudar a minha vida. Ela há-de mudar, mas quando assim se proporcionar. Que seja para melhor!

hehe

:)