Agora nem nómada, nem emigrante.


terça-feira, março 23, 2010

...

Imagem de Eli...












































 

12 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Na paz da noite encontrarás o calor do dia...

bjinhos

Anónimo disse...

É capaz de ser uma (ligeira) impressão minha, mas achei este post um bocado ''pó'' escuro.
Reflecte o teu estado de espirito, ou nem por isso?
Espero que a resposta 'nem por isso'', seja a que se aproxima mais da verdade.
:))

em_segredo

Natália Augusto disse...

Há quem não compreenda, Eli. Há quem não saiba a necessidade de evasão em momentos de negritude. Há momentos que não são coloridos, mas escuros e, ainda assim, ninguém te escuta.
Pedem-te que te levantes, que voltes a ser quem eras. Mas nada é já como antes.
Eu compreendo-te Eli e estarei por aqui sempre que queiras.

Beijinhos

catarina disse...

Doce Eli

Por muito que nos apontem o sol , por vezes as nuvens impedem-nos de ve-lo.
Por muito que nos apontem as estrelas, por vezes as nuvens fazem-nas desaparecer...
Por muito que te digam que há sempre um pote de ouro no fim do arco-iris... o certo é que nunca encontamos o fim!
Na nossa vidasão muitos os sóis, muitas as estrelas e alguns arco-íris sem o pote de ouro, apenas resta a certeza de nós próprios. Uma certeza por vezes quase incerta...
É dificil, escutar o som do vento quando o ruido das memórias é constante.
Que as nuvens desapareçam... que o ruído abrande... e que o Sol volte aos teus dias.

Longe... por vezes ausente daki ... mas amiga.... tu estás sempre no meu coração! ( podes contar sempre cmg p o ke precisares)

um beijo

litleflower ( do pc da caty ;-))

Fatucha disse...

Eli, faço minhas as palavras da Catarina...não saberia expor melhor...
mas não desanimes, por favor.
beijinhos

Vieira Calado disse...

Pode ser que a solução venha

quando vier o dia...

Bjs

Eli disse...

Daniel Silva

Quem sabe não encontro no dia a inquietude para a noite?!

Hmmmm Nem eu sei...

:)

Eli disse...

em_segredo

Confesso aqui aqui nem conseguia vislumbrar palavras para a escuridão...

:S

Eli disse...

Natália Augusto

Obrigada pelo apoio sempre presente. Eu "carrego" um certo peso há muito, que consigo esquecer e libertar muitas vezes ao ponto de esquecer essa "responsabilidade"!

:)

Eli disse...

litleflower

Respiro fundo e lembro-me das vezes que vi o sol através do brilho das pessoas que me fizeram bem, que me trataram ainda melhor.

Obrigada.

:)

Eli disse...

Fatucha

:)

Não desanimo, mesmo que tenha que ir com a maré em vez de remar contra ela!

(...)

Bjinho grande

:)

Eli disse...

Vieira Calado

Há coisas que não têm solução, mas que insistem em fazer parte da nossa vida e temos que aprender a viver com isso, que é passado, pois tudo passa...