Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, abril 26, 2010

Varanda




Já deves ter percebido que não te vou ensinar nada.
Debruço-me um pouco.
Fito a varanda, lugar onde só vou sonhar.

Eli

30 comentários:

Fatucha disse...

Tão singelo...e tão repousante...Linda foto...a sério.
bjinhos:)

izzie disse...

:)

Minha querida, não precisas de dizer nada realmente.
Porque (te) sinto.

E fiquemos à varanda, a sonhar então. Com a companhia da brisa e do pensamento em remoínho.

Beijinho grande,

Vagabundo Social disse...

Oi Eli, como vais? Espero que estejas bem. Não, eu não deixei aquele cantinho; mantenho o blogue, no entanto tenho andado ausente, sim. :) Vim aqui dissolver saudades de comunicar contigo. Beijinhos **

Nilson Barcelli disse...

E como é bom sonhar à varanda com uma bela paisagem como a da foto.
Beijos, querida amiga.

Eli disse...

Fatucha

Obrigada. Diferentes perspectivas, ou as mesmas com outras palavras.

:)

Eli disse...

Izzie

Aguardo mais pensamentos bons vindos de ti, porque os meus remoinhos regressam sempre ao mais importante que se retira: o lado positivo.

:)

Eli disse...

Vagabundo Social

Como sabes, já te respondi lá no teu canto e espero uma resposta.

Obrigada por teres voltado. Espero que a tua ausência tenha sido por um bom motivo.

:)

Eli disse...

Nilson Barcelli

Não tenho uma varanda como a da imagem, mas o espaço que usufruo dá lugar a sonhos até bem maiores.

:)

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
Quando me debruço sinto a atracção do abismo...
Um beijo
Daniel

retiro o que disse... disse...

Atmosfera simpática que tens por cá.

Já a sigo :)

*

Eli disse...

Daniel Aladiah

Abismo é o tema da Fábrica das Letras para este mês. Está na hora de escrever!

:)

Eli disse...

retiro o que disse...

Obrigada. Afinal, aqui respira-se, embora, por vezes, com alguma dificuldade!

:)

Vagabundo Social disse...

Oi Eli, obrigado por mais um convite. Eu não sou um gajo que sociabilize facilmente com um grupo de pessoas que ainda não conhece; das pessoas que vão, à partida só costumo comunicar contigo, pelo que não me parece que aceda a esse simpático convite. Espero que compreendas. Beijos **

Anónimo disse...

Ola Eli!
Não quero que me ensines nada, apenas quero aprender contigo!
A vida por si só encarrega-se de nos dar grandes ensinamentos e que se nao forem partilhados com os "grandes amigos", então não vale a pena a vida mostrar-nos que é nosso dever lutar por aquilo que queremos e desejamos com a ajuda deles. E esses amigos devem estar na nossa varanda a sonhar connosco para quando a realidade chegar o sonho tenha sido apenas uma miragem!
Quero-te comigo na minha varanda!

Também posso entrar na tua?!

Um beijinho com saudade!

Nita

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
Obrigado pelo convite. Quis o destino que nunca tivesse tido a oportunidade e, mitas vezes, a vontade de ir a esses encontros. A data é a do meu aniversário, espero que possas beber um copo à nossa saúde.
Um beijo
Daniel

Celisol disse...

Adoro tudo o que escreves Eli, sinto sempre uma enorme vontade de comentar, mas ao mesmo tempo sinto que um comentário curto é pouco, um comentário longo pode ser maçador, e normalmente não consigo encontrar um meio tempo.
Mas ficas a saber que te leio com muita atenção e que me inspiras grandes viagens literárias.
Obrigada
Beijinhos

Anónimo disse...

Mesmo que me quisesses ensinar algo , a varanda não seria o melhor sitio para o fazeres...
Se a matéria fosse chata, ainda te mandava varanda abaixo. :P
Varandas , miradouros, pontes, telhados, para alguém, ao contrário de mim , que não tenha vertigens,são bons locais para se contemplar o espaço fisico e as pessoas que nos rodeiam.
:)


em_segredo

Eli disse...

Vagabundo Social

Eu compreendo. No entanto, parece que não sou motivo suficiente para ir. Eu também não conheço muitas pessoas e, só quando tenho oportunidade é que elas deixam de ser meras desconhecidas. Nós fazemos as nossas oportunidades na maior parte das vezes. Espero que reconsideres numa próxima oportunidade.

:)

Eli disse...

Nita

A minha varanda é um lugar onde fico cada vez menos tempo, pois parece que sonho cada vez menos. Sinceramente...

...talvez seja por querer realizar mais do que sonhar.

Estás eternamente convidada para chorar, rir, sonhar, viver e amar nas varandas dos que te apreciam, como eu!

:)

Eli disse...

Daniel Aladiah

Então que passes um dia excelente. Aproveita bem o facto de ser Sábado. Quiçá, noutra altura, tomas a decisão de brindar connosco!

:)

Eli disse...

Celisol

Não reprimas a vontade de comentar! Quem me vai lendo, sabe que gosto imenso e, é por isso, que respondo sempre! Nenhum comentário é deixado em vão. Eu gostava que escrevesses o que te saísse, seja lá o que for! Jamais serás maçadora.

No Encontro II ficámos em lados opostos, mas, no próximo, fazemos uma alteração estratégica.

:)

Obrigada.

:)

Eli disse...

em_segredo

Talvez uma altura vertiginosa me fizesse esconder. No entanto, um quarto andar não me assusta... pelo menos, por enquanto!

Além disso, mesmo que receasse o perigo desses lugares, só não usufruiria caso me sentisse insegura.

Também tens medo de andar de avião?!

:)

izzie disse...

Hoje o amor parece estar a tomar conta do coração de todos!
Ao ponto de quase, mas quase ter coragem para cometer uma loucura!
Que estas boas energias estejam contigo também minha querida!

Let's be crazy!

Beijinho,

Natália Augusto disse...

Que bom que é sonhar! Faz parte de nós e leva-nos ao colo de qualquer nuvem que nos transporte para outras paragens...


:))

Gonçalo disse...

Um dos momentos com açúcar. Desta vez, "Varanda com Açúcar".

Já te disse hoje que gosto muito de ti?

:)

Um beijo. *;)

Susaninha disse...

A foto é excelente...
E ter uma varanda para sonhar--parece PERFECT.

Eli disse...

izzie

Como estamos de loucuras cometidas e por cometer?!

:P

Eli disse...

Natália Augusto

Parece que andamos de nuvem em nuvem quando sonhamos!

:)

Eli disse...

Gonçalo

Quase que era "Morangos com açúcar"! (lol)

Os momentos bons até podem nem ser doces, desde que verdadeiros, não precisam desses aditivos!

:P

Hoje ainda não, mas olha que o mulherio fica todo com ciúmes depois de me tratares tão bem!


Eu gosto de ser bem tratada.

HEHE

Obrigada pelo carinho demonstrado. Sabes que és um amigo daqueles!!!

:)

Eli disse...

Susaninha

E é que tenho mesmo!!! Daqui a algum tempo vou deixar de ter, esta, mas o que importa é que estou a aproveitá-la agora!

:)