Agora nem nómada, nem emigrante.


domingo, maio 16, 2010

Colo

Imagem de Eli


A nossa vida é constituída por várias partes. Não estou a falar das temporais, ou seja, das fases. Refiro-me antes aos lugares que as pessoas ocupam nas nossas vidas. Por exemplo, toda a gente tem uma noção de família e do que significa para si, usufruindo ela de um lugar, digamos, no coração. Assim acontece com os amigos e por aí... Hoje, alguém disse-me: "Lá por ser Domingo à noite, não fiques outra vez com aquele ar. O teu fim de semana foi bom!" E foi. Eu não desvalorizo uma parte por querer outra. Faz parte do ser humano querer mais e mais. Aproveitei cada momento sem ter medo de ser feliz, ali. Sei que não estou a especificar nada, nem escrevo aqui para que descubram... (uuuh) No entanto, gosto que leiam, sintam e escrevam o que pensam, pois ajudam-me bastante. Sobre adivinhar, não preciso que o façam, pois Eu sei exactamente do que estou a falar.

Muito obrigada pelo apoio que me têm dado.

Eli

:)

10 comentários:

Fragmentos Culturais disse...

... então aqui vai um pouco de 'colinho'!

Eu tenho uma visão diferente de família. Não distingo, casos excepcionais ;)... família de amigos. Todos juntos formam a nossa família!
Também não falo de um 'amigo casual' vulgarmente dito 'conhecido'! Falo de amigo.amigo, aquele que está sempre lá, mesmo que não o vejamos durante anos!

Então, levanta esse 'astral', amanhã vai ser lindo, muitas coisas boas se podem cruzar contigo!
E depois, tens no palco da tua vida 'seres' muito especiais, que verão em ti uma referência para a vida :)
Queres melhor?!
;)

Beijinhos,

izzie disse...

Eu digo em coro contigo um grande e malandro "Uuuuh!"...
Vamos sorrir de olhos brilhantes, shall we? :)

Beijinho,

Poetic GIRL disse...

Todos precisamos desse colinho, dessas palavras que nos assegurem que vamos ficar bem. Somos acima de tudo emocionais e quando se trata de emoções nada é de demais, é sempre tudo de menos... beijocas

Olga disse...

Temos de valorizar o que temos e viver com intensidade a nossa vida. Não precisamos fazer o que gostamos mas gostar do que fazemos, assim a segunda feira não parece horrível, só um pouco má. Isto que disse não é para ti, é um pensamento que tenho feito ultimamente para levar a minha vida para a frente. Qt às pessoas que vou encontrar, e que não me agradam nem um pouco, só penso quero que elas me vejam com um ar feliz para sentirem uma dor de cotovelo de todo o tamanho. Beijinhos.

Eli disse...

Fragmentos Culturais

Eu poderia não fazer distinção, mas seria impossível, pois é como se houvesse quase uma fronteira, também devido à vida que levo.

Eu valorizo quem sou, e não sei ser sozinha. Todos me completam.

:)

Eli disse...

izzie

uuuuuhhhhh

Obrigada.

:)

Eli disse...

Poetic GIRL

Colos recíprocos...

:)

Eli disse...

Olga

Sabes, a segunda-feira, para mim, salvo excepções, não é assim tão má. Os Domingos têm a ver com o facto de eu ter de deixar a minha casa e regressar ao local onde trabalho/moro durante a semana.

:)

Anónimo disse...

Quem não gosta de um miminho e de colinho , que levante o dedo...
Ninguém levantou! Sabe tão bem ser acarinhado, que todos gostam.
Dar colo é grátis, fácil de dar e de receber...
:))


em_segredo

Eli disse...

em_segredo

Não é toda a gente que aceita e oferece colinho...

hmmm

:)