Agora nem nómada, nem emigrante.


domingo, junho 27, 2010

O amor é...

O amor é verde. Veio uma vaca e comeu-o.

8 comentários:

Celisol disse...

ah ah ah ADOREI

lembrei-me disto que li há uns dias

"O meu amor tem reumatismo:
dói quando articulado,
fere quando em movimento:
mói quando está parado."

Poetic GIRL disse...

É como a relva, vem uma vaca e come-o (vi isto escrito algures... )

Olga disse...

Pois, e lá se foi o amor pró brejo.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

E mai' nada... ;)

sara maria disse...

A vaca de certeza que ficou bem alimentada.

alice disse...

:) é o máximo... por isso os bifes são tão tenros :) beijinhos, eli.

ana disse...

Dasse, p... que pariu as vacas!!

Anónimo disse...

''Ganda'' vaca!
Se o amor fosse vermelho , a vaca não o comia...
Investia contra ele!
:))

em_segredo