Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, novembro 11, 2010

Vontade


Esqueci-me.
Esqueci-me das ideias que trazia aqui.

Entretanto, relembro uma ideia, uma que diz que "quando não há novidades, fabrico-as". Esta ideia é tão minha, que o tamanho da letra, o tipo, nada importa. Sou eu neste conceito de fazer acontecer. Sinto-me poderosa. Aquela vontade de vencer as vicissitudes e os desânimos preenche-me tão, tão... tanto, que qualquer música é sentida por cada poro do meu corpo. A minha pele arrepia-se a cada segundo e quero mais, muito mais.

Aquela vontade superior que me transcende e me mostra que é possível. Sim, eu acredito.

Eli

:)

Uma fonte de inspiraçao: Música

3 comentários:

Anónimo disse...

Vim , li e tive vontade de comentar , não porque ouvi uma música inspiradora , nem por ter algo muito importante a dizer , mas só porque sim...porque quero e posso, e só não mando porque o blog não é meu. :P
Agarra-te a essa vontade, sem a largares nem nos momentos mais insólitos e inusitados, nos momentos mais down e nos mais high .
:))


em_segredo

Fragmentos Betty Martins disse...

.___________querida Eli




que essa vontade.querer_______seja habitação em ti!



///






beijO______ternO

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Vim ler (ou reler...)

e deixo as minhas saudações amistosas

e poéticas,