Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, abril 21, 2011

Segunda Maldição


Seu corpo adormeceu eternamente, mas sua alma bebeu da lama e renasceu, tal Fénix fosse se assim existisse. O seu cavalo preto ganhou luz e brilho. Passou a vaguear o mundo à procura da maldição. Logo depois se apercebera que a maldição teria sido morrer sem conhecer o amor, aquele bravio que agora via em tons escarlate a vaguear nos corações humanos. Descobrira gentes porcas a fazer amor com a alma e gentes limpas a consporcar o nome do Amor. Afinal, aqueles que o faziam, sentiam-no, tal era o tom da cor.
Aquele homem, outrora menino, com mãos de anjo e lábios de veneno, procurava renascer, reencarnar, mas não conseguia.

Certa noite, vagueava entre os incensos de uma Páscoa anunciada e umas rezas malditas entre sussurros labiais... Repetiam-se nomes. O Norte, de súbito, baixou e o Sul esquecido ficou. Sentiu-se repelido das orações e ajoelhou-se. Prostrado, proclamou-se e penetrou nas entranhas de uma mulher. Logo depois, sentiu uma enorme dor. Era do nascimento. Nasceu de novo. Quando abriu os olhos, o tom escarlate estava por toda a parte. Nunca saberia distinguir os falsos dos verdadeiros, mas tinha um corpo. Tinha vivido séculos em assombração.

Eli

9 comentários:

Numenor disse...

Sempre ouvi dizer que quando queríamos acabar uma história, bastava matar os personagens! (lol)

Eli disse...

Numenor

«» Sorriso cúmplice!

:))

mfc disse...

Deste a volta ao texto de uma forma linda!
Conseguiste-o de uma forma soberba!

Eli disse...

mfc

Fico contente que tenhas apreciado. É que tinha uma sensação parecida com a tua.

:)

Fátima Santos disse...

Sim agora o texto faz mto mais sentido. Pois ele tinha de saber o que é o AMOR. mto bom :)

valquiria calado disse...

OLá, passando só pra desejar uma feliz Páscoa.
...
Eu quero fazer uma oração que chegue a Ti Senhor
com meu pesar, minha tristeza deste momento,
minha particular petição.

Senhor, abre nossos corações ao entendimento
da verdadeira Páscoa, nada há de doce na Páscoa.
...
Abraço fraterno.

Eli disse...

Fátima Santos

O que é que faz sentido sem Amor, não é?!...

:)



valquiria calado


Passando para retribuir...

:)

Oficial e Cavalheiro na Reserva disse...

Só faltava dizeres que chegou a primeiro ministro...

Eli disse...

Oficial Cavalheiro

Olha... és livre de pensar.

:)