Agora nem nómada, nem emigrante.


sexta-feira, junho 14, 2013

Fazer-se de

Estava com tanta vontade de te viver, de se saborear, que mal te apresentaste perante mim dizendo-me que eu era viciante, deixei(-me) imediatamente levar-me. Depois, ainda tivemos aquelas conversas todas. Eu, sendo uma expontânea de primeira, como sempre... disse o que não devia (talvez)... mas também, chega a uma altura da nossa vida em que tudo faz parte. Já não evito cometer inconfidências, porque o que não é realmente para se dizer, não digo. O meu modo automático sabe muito bem falar sem me comprometer, por isso se eu lhe disse que não me fazia de difícil, pois "fazer-se de difícil" para mim é um fingimento, então eu, não fingindo, não me faço de nada. Se porventura pareço fácil ou difícil, dependerá da minha vontade de estar ou de conhercer determinada pessoa, óbvio. Não vou "fazer de" nada. Deixo isso para o Teatro, onde interpreto personagens que não eu!

As coisas são simples assim, mas mesmo este homem que me parecia tão corajoso, esfumou-se, desaparecendo do contato direto. De que me vale deixar uma mensagem a uma pessoa que a lê, mas não responde?! Ora, então, eu tive que me desfazer daquela ideia tão boa de nós a rir e a conversar, tive que seguir em frente com a cabeça levantada, mas, porra, será possível que não há uma única vez que esta merda possa correr bem?!

Eli

6 comentários:

Buxexinhas disse...

Ser o que não se é... Não! Quem quiser saborear-te, saboreará do jeito que és. :) Um beijinho grande minha Eli

Margarida Rodrigues disse...

Cruzei-me com o seu blog através de outro blog que visito regularmente. Estou completamente viciada em ler os seus posts e aprecio muito as suas opiniões e pensamentos. Todos os dias tenho visitado o mesmo e delicio-me com os seus posts. Espero que continue com o bom trabalho.

Cumprimentos
Margarida Fonseca Rodrigues
http://www.worldemaildatabases.com

Anónimo disse...

:)
AT

Eli disse...

Buxexinhas

E ainda tenho umas tantas linhas para escrever sobre esta dualidade! LOL

Obrigada.
:)

Eli disse...

Margarida Rodrigues

Agradeço muito. Volte e faça-se notar. :)

Eli disse...

AT

:)