Agora nem nómada, nem emigrante.


terça-feira, agosto 23, 2005

Continuação

Queria soltar as amarras e correr atrás
Daquilo que me faz sorrir todas as manhãs
Mas, o espaço (e quiçá o tempo) é capaz
De me prender entre palavras vãs

Voo de um lado para o outro assim
Desejando que me apareças entre o azul e o mar
Sei que te lembras de mim
Mas não o sei quantificar

Queria enviar-te poemas de solidão
E ler-tos com alma e sentimento
Queria pegar em paus e transformar o pão
E ao entardecer dar-te alimento

Ouço música que canto para ti
Mas tu não sabes que me fazes sorrir
Gosto que gostes do aqui
E que fiques com vontade de vir

Gosto de coisas certas, mas o errado
Faz-me aprender e fundamentar
Algo que resumi de um passado
E que me fará voltar!

9 comentários:

Black Cat Thirteen disse...

sad...

Sozinho... disse...

Procurando um raio de luz percorres trevas sem fim. Por entre os paralelos desgastados de uma qualquer calçada imploras o regresso do teu sol enquanto os teu olhos choram a ausência do seu cheiro... Os teus dedos tremem perante as suas cores...
Chegas finalmente ao fundo do túnel e aí sim, encontras o teu Sol!

Gostei mto do poema... Obrigado por teres partilhado...
Beijinho

Orfeu disse...

Peço desculpa pela minha ausência. Aos poucos vou voltando. Obrigado por todas as palavras que me tens deixado, obrigado mesmo.
Um beijo

theXfile99 disse...

Se é o que queres, vai á luta, não fiques somente sorrindo ao ver outro sorrir, mas poderás sim, sorrir com essa pessoa :)
um beijo e que corra tudo bem *

Penumbra disse...

Lindo poema... daqueles que eu gostava de ter escrito! Beijo grande

Orfeu disse...

O Amor apoderou-se do teu coração. Vai...solta essas amarras e vai à procura da tua felicidade.
Um beijo e vai...voa nos braços do Amor.

contadordehistorias disse...

Mas se esperarmos o tempo chega, ele aproxima-se e senta-se a teu lado num momento que já lá está, sentado a teu lado...

beijos

Walter disse...

Muito obrigado pelas tuas palavras e pela tua visita!e n tens q pedir desculpa por teres comentado, seras sempre bem vinda!
walter

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »