Agora nem nómada, nem emigrante.


sábado, novembro 26, 2005

Quebraram o Horizonte

Quebraraste o Horizonte ao qual assisti todos os dias como ermo...
Julgaram-me ausente, mas fui eu que estive sempre AQUI.
Como posso não estar presente, se já o estou?!...
Mas, a presença não é no espaço, mas no lume que arde...

Cumpro os preliminares - Afeição...
Dou-me conta da tua Índole...
Voltas-te e vejo Carácter, Coração...
Capacidade de revelar, converter, cativar...

Cada pedra que se soltou nesse mar,
Foi resultado do gelo que tentaste criar,
Antes de me tentares vir buscar.

Espero pelo dia em que vou voar
Para sair
Da clausura deste lugar.

O Atlântico gelou no dia em que disseste vir.
Mas, no qual que não me enviaste sequer um olhar.

Amanhã, partirás - o gelo - em navios,
Mas, só me conseguirás alcançar,
Se não tiveres medo de naufragar!


Eli Rodrigues

(como sempre)

48 comentários:

A.na disse...

Sem medos no náufragar...gozo o horizonte e nesta madrugada fria,
deixo por cá o meu mais querido abarço...é preciso tantas vezes parár,para depois continuar mar a dentro!
Dou-te a mão que descansa,
mas volta(como sempre)...
Beijos

Luís disse...

O dia em que vais voar para sair da clausura desse lugar aproxima-se...está breve!:-)
e também, já ninguem hj deve ter medo de naufragar no atlantico...é seguro...
gostei muito, beijinho

A.J.Faria disse...

Eli,
Estar no meio do Atlantico, é uma experiencia estremamente enriquecedora.
Que possas conseguir alcançar os teus desejos, sem nunca teres a preocupação de naufragar!
Um beijinho insular!

PIRICUI disse...

olha vou ser muito sincero...eu nao li o que escreves-t pork nao é o meu forte...mas comento a foto...que está muito linda...gostei muito...adorei a terbulencia das aguas...o por do sol...os restos de nevoeiro...e as estrutruras...os barcos...tudo!!!adorei muito!!

AQUELE ABRAÇO..............A

Simbelmyne disse...

O Atlântico é lindo... quando não está entre mim e eu...

Henrique Santos disse...

Por mim o gelo quebrou-se depois desta visita... Voltarei sempre.
Ricky

antonior disse...

Olá! :-)

Grande Eli! Belo e trágico!
Lembraste-me aquela coisa que se diz: "Uns apaixonam-se, outros perdem-se...", naufragam, dizes tu.

Desejo-te, do coração, que a maré te leve ao mais explêndido e seguro porto de abrigo.

:-) :-) :-) :-) :-) :-)

Walter disse...

Simplesmente mt bom!nao serao precisas mais palavras para dizer o qt gostei!
bjs
walter

Amaral disse...

Voar como os anjos. Todos somos anjos. O medo morreu. O presente voltou. Aqui.

mfc disse...

Um poema da despedida e da esperança na volta.

Santinha disse...

Ainda bem que vou de avião!
Com esse frio todo e com o Atlântico congelado, ainda tinha que cá ficar!!
Vê lá se abre o sol para aquecer, mais q n seja esse coração.....
Beijinhos!!!!!

Nelsinho disse...

Mar gelado
É por demais cruel
Para quem, como eu,
Dele depende para seu sustento!
Poético, porém cruel...

Parabéns!

Nelsinho

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
A violência do gelo a quebrar, até conseguir salvar o náufrago...
Um beijo
Daniel

Miguel disse...

Tem razão a Santinha:que se abra o Sol nesse coraçao. Alguém aqui já apelidou este trecho de cruel Não lhe chamaria assim mas antes pertubador. Quanto a mim, o ser perturbador não é mau.

antonior disse...

Elizinha:

Que caladinha, menina!

Está tudo bem contigo???

Beijitos

:-) :-) :-) :-) :-) :-)

castafiore disse...

gostei muito

antonior disse...

Porque será que és o MÁXIMO???!!!!!

:-):-):-):-):-):-)

T...... muita!

antonior disse...

Pois, tu também me fizeste começar o dia a sorrir! :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-).... e isso é Mágico! .................

Já só vi o teu comentário, agora MESMO, claro!

Obrigado, por me deixares saber que o teu sorriso te faz sentir o MÁXIMO!

Terça-feira tenho a certeza que vou sentir essa força de pensamento, porque eu sei o seu poder.

Trabalho, já tem havido algum, mas amanhã é que vai ser o dia inteiro lá a montar tudo.

Agora há uma coisa que te quero dizer. Esta não será a única exposição e mais não quero dizer, porque não queria dizer agora, e penso que.....enfim, é assim, nem te passe pela cabeça, cruzares-te comigo no espaço de uma exposição e deixares-te ficar despercebida....
ai, ai, ai, ai, ai.....:-)

Tem um dia maravilhoso, se fazes favor!

Ao fim ao cabo estás no paraíso Atlante!

Clife disse...

C/o eu te entendo =)

Há medos que temos de quebrar, pois é c/o se fossem uma corrida de obstáculos em que a meta é o horizonte e o correr o naufragar...

Espero que esses medos sejam quebrados ;)

Bjs ***

antonior disse...

Olá! :-)

Lembrei-me que não tem piada tu ires lá aos meus lados queixares-te de que já lá vai o tempo.....

antonior disse...

Em que eu te inundava de comentários......

Porque é mentira, menina....

:-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-)

antonior disse...

...porque isto, é


uma

E-N-X-U-R-R-A-D-A

de

antonior disse...

de

de

e

de comentários.....

antonior disse...

de

e de

:-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-):-) :-) :-) :-) :-) :-)

antonior disse...

e de

T....... muitas e muitas

antonior disse...

Ah! E.... és o MÁXIMO!

Anónimo disse...

Gosto muito dos teus poemas!!!
Acredito que vais conseguir “transformar” algumas das tuas “estrelinhas” em grandes poetas… e essa “tarefa” já começou… aqui no meio do Atlântico.
Não sei se alguma vez pensaste nisso… nem se o consideras uma “tarefa”… mas, é algo que eu sinto…
Beijinhos
Letas

Sparkling disse...

Olá! =) Espero um dia vir a ler um livro teu!
Gostei muito deste poema!
'' Cada pedra que se soltou nesse mar,
Foi resultado do gelo que tentaste criar,
Antes de me tentares vir buscar.''
Obrigada pelos teus comentários no meu blog!
Quanto à pergunta que me fizeste foi que me disseram para esperar e veio a desilusão!
*^ Bjs*^
Tem um bom começo de semana!
=)

Cristina disse...

Olá Eli
Obrigada pela tua visita, estive agora a ler os teus poemas e adorei
:)
vou voltar
Beijinhu e prazer
:)

H. disse...

«esse lugar mais fundo onde só chega quem ñ tem medo de naufragar...» (Mafalda Veiga)

Gostei do teu poema, cheio de uma sensibilidade apurada. Gostei de te ler Eli! Voltarei :)

Vou-te linkar no meu espacinho *

BloodyMary disse...

Querida Eli:

Palavras muito bonitas estas que me deste oportunidade de ler!
O Amor vive disso mesmo, de não ter medo de naufragar, de uma entrega cega e total sem ter medo da resposta do outro. É Ser(-se) pura e simplesmente e não recear o gelo ou a imensidão do oceano!

Desejo-te uma excelente semana**

girassol disse...

Amar é...
Não ter medo de embarcar mesmo com medo de naufragar...
O medo é legítimo, a negação é que nem tanto...
O teu texto é o retrato da tua sensibilidade de menina. Não percas, a sensibilidade, nem o ser menina...
Beijo para ti
Fica bem com... connosco. Tens "obrigação" de manter esta corrente de calor, calor amor, calor amigo/a, calor humano, partilha, dádiva...

girassol disse...

Ah já agora, só um aparte, é fantástico e momento de vos ler, a ti a ao António. A vossa troca de "conversa" é deslumbrantemente... deslumbrante. Sinto-me assim uma espécie de vizinha cusca...
Outro beijo

antonior disse...

Alminha, eu não tenho dúvida de que tu conseguias passar despercebida.... Isso até consigo ter a certeza. Agora só gostava de saber era se eras capaz de fazer uma maldade dessas. Bem......

Só há pouco é que percebi que foste ao outro blog. Foi uma t...... Obrigado.

Quanto à gazeta aos Domingos, não tem nada a ver, porque eu não faço grande distinção entre os dias de semana, trabalho quando tenho de trabalhar e faço gazeta quando posso e me apeteçe. Por incrível, às vezes posso e invento alguma coisa para fazer.

Agorinha, uma coisa: Deixa lá aquela treta do "eu devia saber mais do que aquilo que sei. Sou ignorante em muitos trá-lá-lá-lá-lá...." porque sabes tudo quanto precisas de saber e é importante. E assim será, em cada momento, quando souberes mais e quando conseguires desaprender aquilo que não queres saber....:-)

Outra coisa, eu é que sei o que me interessa ou não e já percebi que pensas que não me interessam coisas, que me interessam muito! Tá bem?!

Esta conversa toda foi o que saíu na hora e já está!

Fico por aqui, que a Girassol já está ali com um sorrisinho....

:-) :-) :-) :-) :-) :-)

antonior disse...

Olha...

Olha... estou aqui tal e qual como tu estavas lá daquele lado...

Olha, desculpa lá,

Um beijo

sandra m. disse...

O gelo. O eterno companheiro dos que sofrem ou sofreram demasiado por amor. Mas o gelo derrete...

Navegarás pelo infinito que é o coração que respira amor se assim tiver de ser e nessa viagem mil tesouros estarão guardados para ti.

Obrigado pelas tuas visitas aos meus blogs :)

Adryka disse...

Quem ama não teme. Beijos

requiescatinpacem disse...

está bem!!

Kisses

Natalie Afonseca disse...

Eli, lindíssimo (como sempre)!! :P
Adorei estas tuas palavras...e a imagem, perfeita!!!

"Julgaram-me ausente, mas fui eu que estive sempre AQUI."

"Mas, só me conseguirás alcançar,
Se não tiveres medo de naufragar!"

Bello....

Biejinhos e boa semana!!
:)

Anónimo disse...

que bonito!!tás cada vez melhor...mas ñ tás enclausurada, ou tás?
ñ te preocupes, afinal à sempre alguém que não tem medo de naufragar:)
beijos

susana_aveiro

Moranguita disse...

bonita imagem!!1 já pa n falar do poema!!!
tas no bom caminho eli!!!
continua!!!

JSilvio disse...

mto bonito ;)
De nada serve ter medo de naufragar..que tiver que acontecer....acontecerá, o medo só estraga...

O Turista disse...

Não conhecia ainda este blog...
Gostei e voltarei mais vezes...
:)

O Turista - http://www.turistar.blogspot.com/

A .Carlos disse...

Boa noite Eli,
Lindissimo este teu espaço;
Poemas lindos, com imagens a condizer.
Adorei
:)
Uma óptima semana para ti
Bjs.

girassol disse...

Bom, só vim por aqui dar uma espreitadela que estou com imeeeeeensa pressa... Até para ir à inauguração da exposição...

Vim deixar o sorrisinho de que o António fala.

Pois sintam-se observados, a sério! Apetece vir cuscar as vossas conversas.
É claro que não é o objectivo ao vir cá, claro, claro, claro que não, mas ao chegar, é inevitável...
e muito engraçado, no bom sentido, já se vê.

Beijo para ti e tudo, tudo, tudo de bom...

...e mais história assim de encantar, para nos mimares, com o teu ser menina...

girassol disse...

Claro que a história de que falo é a do post acima, mas o resto da conversa tinha que ser feita aqui...

Piolha electrica disse...

nao tenho medo de naufragar... vou ate ti de aviao!!! pelo menos vou tentar ir ate ai de aviao! kem sabe se nao decido fazer-te uma surpresa???
***

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you!
» » »