Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, março 09, 2006

Eu

(...)


Na jangada deixei-me ir... largada. Em cada pedaço de mim, senti os remos que me fariam lutar, mas nada... nadei?!
Os sons da minha escrita rimavam como poesias cerebrais, como a inspiração que já não tenho, mas terei.
Até as palavras me faltam e essa escassez me faz nutrir um sentimento de profundo desejar de solidão, que sempre gostei.
Simplesmente ficar... assim.
Fechar os olhos. Não sinto ansiedade, não me sinto elevar, mas senti este dia simpático que o meu interior aceitou. De volta, o mesmo Eu. Aquela mulher, menina, humana... sou Eu outra vez que escrevo aqui. De resto, não há lágrimas, não há êxtase, não há sonho, nem flutuar com a espectativa.
São coros de vozes que me trazem a vontade de voltar a ser Eu, saindo um pouco da Eli...
Sei que "posso sempre recomeçar" e que me identificarei sempre com estas emoções que me fazem vibrar.
Hoje, alguém que está longe de todas estas palavras deste espaço, enviou-me um postal que dizia(diz):
"Nunca nos desesperaremos em busca de Amor ou de Compreensão se tivermos um Amigo."
E, nestas palavras, vi e revi-me como o Eu que reconheço lá fora deste espaço. Acertou naquilo que mais sou. Minha personalidade exposta e eu sorrio, porque sou naturalmente assim.
Eli


:)

(Na imagem não sou eu.)

42 comentários:

Cantico Negro disse...

Uma melodia embriagante.
Um gesto, um rasgo...
e uma folha intensa de sensações.

spartakus disse...

B'dia Eli. se for. esta cidade destrói-me...bjinho.

Mendes Ferreira disse...

o "sempre" tb serve de jangada....

bom dia....


gostei. de navegar. aqui.

Nekynho disse...

E quando temos mais do que um amigo? :o)
Baci e buongiorno per te :o)

online disse...

Podemos rimar sempre...
nada é estranho quando é dito,
tudo é fatal quando contido!
Larga a menina, a mulher, deixa-a correr por entre as emoções e vais perceber que tb eu sou teu amigo:)

O beijo

Luís disse...

e és muito linda então. Beijinho no dia da mulher, apesar de atrasado

blue note disse...

Bom Dia... Já não é de madrugada...

Sempre tu nesse pulsar a vida toda... lindo, minha Amiga de sempre...

Abraço-te forte

Legionaria disse...

Pensei muito no eu eu esta semana, engracei com esta "empatia" lol, beijos

Carla disse...

gostei deste teu eu,que no entanto revejo em mim...
obrigada pela escrita
beijo*

winterdarkness disse...

Brutal o texto, muito bem! Acho que consigo imaginar o sentimento aqui descrito e acho que este texto emana uma atitude positiva. Tem uma boa quinta!

Neith disse...

Um extravasar de sensações feito de uma forma profunda...os teus textos são sempre magnificos...ler-te é um enorme prazer Eli :) Beijinhos

Penélope disse...

Gostei do teu EU e da imagem - ambas são lindas!
Penélope

Sol disse...

É sempre bom encontrar o nosso Eu... mesmo que o percurso seja dificil...

:)beijinho

Miguel Ângelo disse...

Apesar da solidão inevitável e de sentir a ausência de ansiedade e a imobilidade do elevar... sinto esse sorriso ténue, como um vela que me ilumina as palavras, como se as quisesse tornar segredo.
...um pouco de magia - tal como o "Nunca nos desesperaremos em busca de Amor ou de Compreensão se tivermos um Amigo"

Siamese Master disse...

Pensava que eras tu na foto!
viva o dia da mulher, nunca vi o palha de aço tão bem frequentado!!!
:>

Beatriz disse...

prazer, Eu. Que desse lado, o tudo que na alma da tua existência real antecede a honestidade das palavras seja sempre, não feliz,nem cor-de-rosa, mas individual, fiel à tua essência e personalidade, emotivo, justo, capaz de ideais maiores que os vícios e as aparências.

até sempre

Dark-me disse...

Gostei desse teu "eu".
Como já é habitual,as tuas profundas e fortes palavras aquecem o meu "eu".

JInhos

AS disse...

Eli, quando se escreve com a alma. as emoções não se deixam reprimir!...

Este texto está lindooooo

Um beijo

home_alone disse...

olá Eli! ainda bem que és tu e que és como és... com uma escrita inebriante.
beijinhos.

blue note disse...

Minha Menina Linda

Viste um texto onde eu dançava???
Humm fiquei curiosa...
Assim não vale... conta

Beijos tantos minha Querida

EROS disse...

Somos os que somos e como somos… e isso é bom! É muito bom, sermos fieis e verdadeiros primeiro a nós e dó depois aos outros… Por vezes temos de nos deixar ir na direcção e velocidade da corrente para que neste “estar perdido” nos encontremos novamente, sejamos novamente objectivo em nós mesmos e quando esse objectivo é o AMOR… então permite-me que diga… tudo vale a pena por AMOR… Adorei estas tuas palavras e agradeço o que escreves no meu espacinho… Muito o brigado… Beijinhos...

Marcelo disse...

gostei :)

online disse...

Fico à espera do muito mais:)
Quero sempre mais...:))

O beijo

Nekynho disse...

Ou seja, li o post todinho todinho todinho a pensar que era uma foto tua e tu depois dás esse balde de água fria. Achas bem? :o)

Big :o) pa tu

Nelsinho disse...

Eli,

Afogado em serviço, só poderei beber oas tuas palavras depois de Domingo.
Mas quero convidar para uma brincadeira nos blogs. Eis a especificação:

"Cada bloguista participante tem de enunciar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogues aviso do "recrutamento". Ademais, cada participante deve reproduzir este "regulamento" no seu blogue."

ESTÁ CONVIDADA A CONTAR-NOS 5 MANIAS!

Bjs

Nelsinho

blue note disse...

Minha Menina Inteligente...

Sei que perceberás que fui sem antes me despedir. Venho agora dizer-te que aqui estarei sempre do teu lado e jamais esquecerei que estiveste sempre comigo. Mesmo nos momentos mais revoltos e tiveste a inteligência de perceber o que não precisei dizer-te. És das poucas pessoas deste mundo virtual em que acredito. És para mim e serás um mundo imenso de sentimentos verdadeiros debitados no "papel". Mas existes sim e isso dá-me uma enorme satisfação. Saber que existes e que continuarás a ser tão verdadeira sempre. Promete que não mudarás. Promete!

Voltarei sempre aqui... ou melhor, não sairei de ti. Beijos sim... a ti sempre.
E abraço-te muito muito...

Flor... ris... e todas as tulipas para ti.

blue note disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Kalinka disse...

ELI
Que maravilha visitar o teu blog, ler os teus textos, fico arrepiada de tantas sensações boas...
Neste momento, estou a precisar de me deixar ir na jangada, sem rumo...estou sem forças para remar, deixo-me ir ao sabor da corrente...falta-me saúde para lutar, preciso de encontrar o meu rumo; faltam-me palavras também, dá-me a sensação que não quero conversar com ninguém, mas ao mesmo tempo, fico triste de aqui estar sozinha sem ter com quem falar...estranho, não é?

Simplesmente ficar... assim.
Fechar os olhos.
Tal e qual como tu escreves...

LINDO:
"Nunca nos desesperaremos em busca de Amor ou de Compreensão se tivermos um Amigo."
Beijokas.

Santinha disse...

Amigo?????
Não, amigos!!!!
E tens muitos. Muitos e bons!!!
Serei um deles?????
;);););)
Pelo menos podes contar comigo para a viagem.....de jangada!!

Eli disse...

Tulipa: Se voltares e se vires este meu comment, envia-me um mail... Claro que percebi coisas... mas não sou mais inteligente do que tu que as percebes tão bem... são "coisas" que se vivem no dia-a-dia e, que tal como nesse quotidiano, também acabam por acontecer aqui, apesar de não ser igual...

Quero que saibas que vou ficar sempre à espera das tuas palavras e que sorrias muito.

Hoje sou eu que te abraço, apertadamente, mas que não seja apenas um abraço de despedida.

:)

Eli disse...

Bem... devido a problemas técnicos, este espaço esteve temporariamente indisponível (infelizmente).

Agradeço a compreensão e as vezes que bateram a esta porta que estava fechada, mas não encerrada...

Agradeço também todas as outras visitas.

Muito obrigada especialmente a ti, Online e desculpa o transtorno.

:)

Clife disse...

O rumo que chegues... sabes onde te levará, no entanto em caminhadas tão longas por vezes duvidamos se lá chegaremos, mas tu sabes... porque sentes, porque és a Eli ;) ***

almaqueabsorveaslagrimas disse...

E convem que sejas sempre assim :) tu.

beijo ***

Piolha electrica disse...

finalmente venho comentar... a nossa vida nao é facil e o cansaço abunda com + frekencia do k gostaria...
com muitas saudades tuas e muita vontade de estar ctg nas ferias da pascoa!!!
***

Dreamer disse...

muito de ti aqui hein, tal como te vejo, incessavelmente aventureira, arduamente lutadora, grande beijo :)

GNM disse...

Deixo-te um sorriso de
bom fim de semana!

Fica bem e sorri!

butterfly disse...

Olá Eli!!
Tudo irá voltar e tudo se irá recompôr...podes sempre,mas sempre recomeçar...mas concordo contigo...há determinadas aturas k só os amigos nos acalentam o coração...eu estou numa dessas alturas em que se não fossem os amigos...
Beijinhos!!

mixtu disse...

Eu... a eterna busca...

(na migame não sou eu, lol)

Amaral disse...

Abriste a consciência, soltaste-te, e sentiste outro "aspecto" a despontar de Ti, com naturalidade e tranquilidade interior. Com a certeza e o instinto de que estás a reconhecer-te com uma personalidade nova, indentificada com um bem-estar que vem de dentro, pronta a criares a imagem de ti que melhor te faz feliz...

Musician disse...

Sinto-te! =)
Beijo doce*

Neith disse...

desta vez apenas para te deixar um beijinho de boa noite :)

blue note disse...

Sim voltei aqui sim...

e escrever-te-ei um dia destes... estarei sempre por perto de ti.

Beijos grandes minha querida e todos os sorrisos que me dás multiplicados...

;)