Agora nem nómada, nem emigrante.


sábado, maio 27, 2006

Companhias


2006.05.26

Não tenho um diário, nem com linhas, nem com argolas, nem...
Hoje aconteceu uma coisa que jamais esquecerei. Foi como um marco. Não, não estou a falar de Amor, nem de saudade, nem...
Estou simplesmente a escrever aqui como escreveria num caderno de capa negra que me persegue e ao qual me entrego sem regras, sem cuidados, sem barreiras, nem tabus... onde sou o todo do eu e tudo o que sentir... onde posso exagerar, sonhar, riscar, chorar...
Hoje não aguentei. Foram tantos meses a corromper o vaso que estava cada vez mais cheio de repressões, de paciência, de aguentar... e... e... nunca transbordava nesse lado. Sempre forte e segura. Sempre. Consegui. Até ao dia em que solucei. Este dia. Tão poucas vezes solucei na minha vida. Lembro-me do descontrolo delas e, talvez por isso, hoje, sinto esta tarde, aquele momento, como um sinal de que não consigo tudo com frieza, dedicação, ou trabalho...
As minhas forças sempre me pareceram ilimitadas quanto ao controlo de emoções. Mal ou bem, consegui sempre manter aquele lado... e os outros...
"Desculpa"
Não, não quero desculpas de quem me magoa todos os dias. Eu... sempre soube receber novamente de ouvidos atentos e sorriso no olhar. Minha voz amável e serena não é para quem não a merece. Será ignorado mais do que nunca até que sinta a minha falta e também soluce.
E... quando olho à volta e vejo duas dezenas de sorrisos... uns ocultos, outros evidenciados, sofrendo comigo, mas sorrindo, dou-me conta de tudo o que tenho que aprender... mesmo que não possa ser natural, serei sempre eu mesma em tudo o que faça... mesmo que sofra.
Evidencio os laços que me unem a eles e a duas meninas (grandes) que fazem parte da minha vida mais do que imaginam... a elas e a todos eles, o meu agradecimento. Hoje é só assim, mas é muito de mim e pouco de Eli.
Junto a mim,
No esplendor da sua presença
Está cada alma... assim...
Embrulhada em cada trança
Mimada por beijinhos
Em cada bola jogada
Esquecendo beicinhos
Não quero objectivar mais nada
Nem mais um tiro na madrugada.
Eli
:)

P.S. Foto tirada por Eli (às amigas).

30 comentários:

GNM disse...

Partes os vasos Eli. Todos!
Todos mesmo!
E esmaga os cacos com pés
descalços...

E eu esterei aqui!

Eli disse...

GNM: Com os pés descalços para sentir cada um e lembrar-me mais vezes das cicatrizes que teimo em esquecer...

Obrigada.

Um outro olhar disse...

a foto está num ângulo excelente, parabéns!

soluçar, ...necessário sempre que o interior e o físico se conjugam a tal


tu mesma, deves ser sempre, mais ou menos exuberante, mais ou menos calada, mais ou menos sorridente mas sempre ...tu


e esquece o que ficou para trás, viver no passado é esquecer o futuro e omitir o presente


:)

RPM disse...

(...)

grita!!! não fiques com raiva...guarda a energia da raiva para o teu 'turn-around'.

força

abraço

RPM

AS disse...

O passado são recordações! Nada nais que isso. E todos os dias se avistam novos horizontes Eli, outros sorrisos, outras cores... nada é igual ao dia que passou!... e o futuro é agora!...

Um beijo

Santinha disse...

Estou sem palavras.....

;)

Fénix disse...

Realmente já passei várias vezes no teu blog e nunca sei bem ao certo o que escrever. Por vezes custa-me interpretar sensações escritas quando não conheço directamente a pessoa que as escreveu… Mas de facto és uma pessoa muito sensível. E muito obrigado pela tua ajuda. Por vezes é muito importante ter alguém para nos ouvir e aconselhar. Da mesma maneira como te entregas a esse sentimento de ajuda, eu também me entrego, talvez para te ir compreendendo cada vez melhor, e poder sentir o que sentes com os textos que colocas no blog.

Jokas, :-)

Fénix disse...

Daí o "isso agora...", eheheh. Ok... ;) Mas eu também não quero ser muito concreto no meu blog por motivos pessoais... (e alguns extra pessoais). Mas é simples de captar certas e determinadas coisas... Pelo menos axo isso.

Quanto ao passado... Dizes que teimas em esquece-lo... O passado não se esquece... Nós somos o passado. Somos feitos dele. Eu aprendi a aceitá-lo... As coisas melhoraram depois disso... ;)

António disse...

Querida Eli!
Um texto intimista que é um desabafo irreprimível e um tributo à amizade.
(penso ter interpretado bem...)

Obrigado pelo comentário ao meu diálogo das Tias (que são de Cascais mas poderiam ser de muitos outros locais)

Beijinhos

Fénix disse...

Desculpa a falta de oportunidade e de bom senso a fazer isto por aqui, mas posso linkarte no meu blog?

A.J.Faria disse...

Olá, Eli!
Que o teu estado de espírito esteja francamente melhor!
Há momentos assim, mas com um pouco de serenidade, julgo eu, as coisas irão melhorar.
Amanhã, possivelmente o sol voltará novamente a brilhar!
Bjs

Pipas disse...

O que dizer numa situação destas?
Não sei.
Beijinhos.

Luís disse...

É bom vir aqui depois de algum tempo sem tempo e descobrir que continuas no teu melhor. Volto em breve, agora deixo um beijinho

alice disse...

querida eli,

tens sido uma querida nas tuas visitas

acho que fazes muito bem em extravasar tudo o que pensas e sentes quando escreves

eu tento fazer o mesmo

um grande beijinho

alice

A.J.Faria disse...

Olá, Eli!
Na sequência do comentário por ti efectuado no Palavra Entre Palavras, só posso dizer que sinto-me muito sensibilizado por ter como amiga alguém com a tua afectividade!
É sempre com grande prazer que por aqui passo, porque saio mais enriquecido com as palavras que nos deixas.
Um grande beijinho, e um bom resto de Domingo!

Apeles_E disse...

nunca consegui ter um diário.
nunca consegui falar de mim.

Anónimo disse...

“... quando olho à volta e vejo duas dezenas de sorrisos... uns ocultos, outros evidenciados, sofrendo comigo, mas sorrindo”

São estes sorrisos que nos fazem levantar todos os dias… que nos fazem acreditar que vale a pena…
Acredita!

OBRIGADA.

Estou contigo!
:)
Letas

Dive disse...

Olha as amigas da eli! Nice perspective, nice phooto.Nice post :)

Beijinhos

Sea disse...

Eli... soluça, grita, parte a loiça toda. As desculpas não se pedem, evitam-se... Não é verdade?
Sacos de encher? Eles rebemtam um dia. Rebenta sempre.

Helder Ribau disse...

há blogs com qualidade... este é um deles

Clife disse...

As tuas companheiras de caminhada... que se juntaram a ti em caminho incerto, rumo à certeza de um dia poderem o sonho conquistar ^^

e força... força e força, unidas jamais serão vencidas ;) e mais tarde... olhando pra trás, fotos de Eli na caixinha guardadas, sorrisos e lágrimas se soltarão...
mas jamais se esquecerão (:

e de tds os outros... um sorriso terás:

"- ena, ela conseguiu!

- Ya, Eli é foti... eu bem que dizia."


***

Nelsinho disse...

Sempre me surpreendo quando, após algum tempo de ausência, aqui volto e me acho envolto nas tuas palavras, frases, pensamentos...

Retorno hoje para o Rio e no próximo "finde" estarei de novo no mar...:(

Nelsinho

Nilson Barcelli disse...

Não fique a perceber bem do que falas.
Se da solidão que a ilha te provoca ou se de outra coisa qualquer.
De qualquer modo percebe-se que os teus amigos (novos?) são importantes para ti.
E também se percebe que abriste a tua alma aqui, nas palavras que escreveste. Que, afinal, é o tal diário de capas negras que te faltava.
Beijinhos e boa semana.

Nuno Costa disse...

Companhias...há muitas! Amigos...há muito menos! Mas olha em frente, na companhia daqueles em quem tu duplamente confias!

Bjinhos

blue note disse...

:)

pois é...

difícil.

mas saberás dar a volta...

mixtu disse...

com este teu texto me rendi... lindo, sensível, muitas palavras... nada ed parcas palavras..
besitos

Salvador disse...

Revolta-te, grita,
para te sentires sempre viva

Adorei o texto
1 bjs

Thiago Forrest Gump disse...

Bela reação! :)




Boa semana

Anónimo disse...

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! homeowner insurance policy best refinance rate Eternal area rugs Symptoms of soy allergy prostrate cancer Size headset jack nokia 3595 Ck30 barcode scanner reviews golf resorts taxi eyeglass frames eyewear contact lenses Top rated spyware remover Design interior portfolio residential Brother typewriter cartridges