Agora nem nómada, nem emigrante.


quarta-feira, maio 24, 2006

Teu rosto



Em cima do sofá,

Com um lápis descalço,

Numas folhas brancas e perdidas,

Desenhei no teu rosto,

Um pedaço de serenidade e nervosismo...

Cada traço a preto, a cinza, a acabar, a ti

Revelavam muito... tanto.

Depois, o teu rosto era estranho

Mas... eu só te via a ti.

Então, risquei outro branco aos bocados

E... num poema ajudado

Senti os teus traços

Em palavras de desejo rasgado

De ternura

De anseio

De bravura

E... abraça-me com esse sorriso escondido...

Afaga-o nos meus cabelos...

Eli

:)

P.S. Desenho por Eli.

58 comentários:

GNM disse...

Vai ficar no meu quarto,
bem junto a mim!

Gosto-te, minha menina...

Anónimo disse...

Hum...adoro o teu desenho...sorri,isto hoje aterrou direitinho no centro de um sonho meu,coisas de magia,não pode ser? mas eu acho tanto...
Abraça-me com esse sorriso escondido,sorri,num relógio que passa ao ritmo que respiro,bate assim...afoga-o nos meus cabelos...arrepiei-me,respirei fundo e ...sorri... gosto-te...é uma maravilha não é?
Obrigada,fico-te com o desenho,posso?Adoro!
beijos e um abraço tao apertado...!margarida

Dani disse...

Fazes-me sorrir, com a esperança dos sonhos.
Traça então o teu/meu sorriso em efémeras pinceladas de carvão. Para mais tarde recordar...

Beijos

alice disse...

então a menina também desenha?

o talento bate sempre à mesma porta duas vezes

e tu estavas em casa quando ele chegou às tuas mãos

beijinhos,

alice

Eternal disse...

Qd gostamos de alguém... os traços dessa pessoa aparecem-nos na mente sempre com um sorriso...=)*

Joaquim Amândio Santos disse...

"
hoje
penso nos dias
em que ansiando
sonhei
parar o tempo
para te amar
sem nunca meu sossego
conhecer os traços
do fim.
"

esta é a minha contribuição do dia para depósitos de escolha minha na blogsfera.

antonior disse...

Eli!

O teu desenho tem todos os rostos do mundo num só que não se vê a olho nu, só com os olhos da Alma...

Belos impulsos guiaram a tua mão nos momentos em que o lápis tocou o papel...

:-)
Beijinho

Ares disse...

E o lápis...
Que rabiscas no meu corpo,
ao som do teu traço,
vivo... ao som do teu traço morro!
Risca-me...
sente as palavras em mim,
crava os teus desejos nos meus...
e rasga-me!
Rasga-me só para ti...
Só teu... no teu papel!

Santinha disse...

Tá giro!!!
O desenho e o poema!!!!

Bj

Eli disse...

GNM:

Vai ficar no teu quarto,
bem junto a mim!

:)

Eli disse...

Margarida: que bom que voltaste!!!
Sorrio sim, muito. Também te abraço e olha que não ando aí a distribuir abraços assim...
Quanto ao desenho, não podes ficar com ele, porque foi feito de propósito para o menino do sorriso, mas acho que podes levar uma cópia. Acho que ele não se importa, pois foi ele que não se importou de o partilhar para que todos o vissem!

Obrigada!

:)

Eli disse...

Dani:

"Fazes-me sorrir, com a esperança dos sonhos.
Traça então o teu/meu sorriso em efémeras pinceladas de carvão. Para mais tarde recordar..."

Escreves estas palavras belas que poderiam ter sido escritas para ti.

:)

Eli disse...

Alice:

Obrigada pelas tuas palavras sempre tão certeiras... no entanto, tenho a dizer que as palavras me saem à velocidade do pensamento, mas o desenho não é comigo. Não tenho o mesmo gosto que tenho pela escrita. Foi um caso pontual. Não sou artista!

:)

Eli disse...

Eternal: acho que não e lembro de pensar objectivamente dessa forma...

:)

Eli disse...

Joaquim Amândio Santos:

Obrigada. Muito.

:)

Eli disse...

Antonior:

Obrigada pela ternura, mas sabemos bem que não sei desenhar. Apenas risquei. Tu é que desenhas e pintas...

:)

Eli disse...

Ares:

As palavras que me deixaste fizeram-me voltar a ler e a pensar se eram mesmo para mim. Acho que sim e agradeço-te. Escreveste algo forte e sensível.

:)

Eli disse...

Santinha:

"Atx..."

Tu é que és isso tudo!!! Toca a sorrir!!!

Obrigada.

:)

Sea disse...

só consigo transmitir-te :)
gostei muito, mesmo!

Cacau disse...

Ainda bem que circulaste...:)

E ainda bem que descobriste sensações!!

Também eu as descobri aqui neste teu mundo :)

Obrigada

Cacau

Um outro olhar disse...

gostei de ler o poema, e olhar o desenho, estão interligados equilibram-se de modo leve e simples.

assim solta a esperança e deixa-a seguir o seu rumo

:)

alice disse...

querida eli,

adorei as tuas visitas

és uma querida ;)

quanto à música, não se pode tocar duas vezes... lamento...

agradeço o teu carinho

um beijinho especial

alice

Musician disse...

Um sorriso :)
É o que o teu cantinho me deixa!
Gosto de ti.
Beijinho*

Joao disse...

:) as tuas palavras continuam a ser bonitas

Um beijo

Diogo disse...

Lamento não vir aqui a muito tempo, mas vejo assim uma leveza que surje nas palavras... gostei disso.

=)

beijo

Nuno Costa disse...

Para além da escrita parece que também sabes desenhar! Tens dons de artista! Parabéns!

Bjinhos

mitro disse...

Que não se te acabe o traço!

pintoribeiro disse...

Boa noite Eli. Tinha perdido o teu link. Hoje é só um bjinho porque isto anda mau.

Nilson Barcelli disse...

Revelas traços seguros, principalmente no poema, muito embora também desenhes muito melhor que eu...
Beijinhos.

Apeles_E disse...

já n desenho há mt tempo. as letras matam-me as horas. na verdade, nc soube desenhar. mas sempre gostei. *

Kalinka disse...

ELI
Mas que beleza...tanta beleza junta, o desenho, as palavras inspiradoras...
Em cima do sofá,
Numas folhas brancas e perdidas,
Desenhei no teu rosto,
Um pedaço de serenidade e nervosismo...
SABES UMA COISA...? Defeniste-me, sem me conheceres, sou isso mesmo um pedaço de serenidade e nervosismo. Parece que existe telepatia entre os bloggers,será?
ADOREI. PARABÉNS.
Beijokas.

Eli disse...

Sea:

:)

Eli disse...

Cacau:

Obrigada eu! Volta sempre!!!

:)

Eli disse...

um outro olhar:

Deixas-me sempre olhares subtis! Obrigada!

:)

Eli disse...

Alice:

Tenho muita pena em relação à música! Espero que possas reconsiderar, já que reconsideraste o pedido para voltares!

Eu é que agradeço a presença!

:)

Eli disse...

Musician:

Obrigada pelo carinho. Eu sorrio também! Muito!

:)

Eli disse...

João:

Obrigada. Importa que me digas isso. Nem imaginas o quanto.

:)

Eli disse...

Diogo:

Espero que estejas bem.

Obrigada por voltares!

:)

Eli disse...

Nuno Costa:

Por ter feito um desenho não significa que saiba desenhar...

Thank's!

:)

Eli disse...

Mitro:

Principalmente o da escrita, que me preenche!

:)

Eli disse...

grhiba:

Existem rastos que se perdem e se acham...

:)

Eli disse...

Nilson:

A segurança é parte de mim, mas todos os humanos fraquejam por mais fortes que sejam...

Obrigada.

:)

Eli disse...

Apeles_e:

Então desenha! O mais importante é fazermos o que gostamos. Mesmo que não sejamos os melhores nisso. O importante é a dedicação e treino que chegam a superar, por vezes, os maiores talentos sem trabalho e dedicação. Por isso, se gostas, dedica-te, que o mais importante é que sejas feliz naquilo ao que te dedicares!

Eu não sei desenhar, mas não se diz "não sou capaz" e saiu algo para alguém!

:)

Eli disse...

Kalinka:

A telepatia existe entre seres humanos que sentem. Aliás, não sei se o que eu acredito se chama telepatia, mas acho que existe sim. Logo, se por detrás de um blog está uma pessoa que transmite a sua energia, é normal que a sintas!

Muito obrigada pelos comentários sempre tão sentidos.

:)

tb disse...

A magia dos sorrisos sentidos...
Trago sempre um e levo outro!

relatosdeumruivo disse...

Está lindo, o teu blog. Incrivelmente simples e belo ao mesmo tempo.
Acabas de ganhar mais um fã.
Um sorriso, de mim para ti.

girassol disse...

os rostos estão no imaginário das linhas com que deixas traçados os sentidos...

os rostos estão dentro de ti e só em ti que farás deles vida descalça, pura, ternura...

um beijo em ti

Carlos disse...

VONTADE

Hoje é um daqueles dias
de macho e fêmea:
tua boca
minha língua
tua mão
meu seio
tua pele
meu cheiro
tua coxa
meus pêlos
teu sêmen
meu ventre
tua falta
meus dedos...

Clife disse...

Tu desenhas com palavras :P e eu recebi um postal ^^ :hug: *

pensamentos do joão disse...

Bela obra de arte ;)
desejo te um bom fim de semana eli ;)
sorri bastante ;)
e quem sabe se não nos apresentas aqui outra obra de arte ;)
Um beijinho ;)

Amaral disse...

Um rosto no rosto duma folha branca, vazia e serena. Estranho o teu traço, mas cheio dessa bravura e dessa ternura, esconde um sorriso a que não ficamos indiferentes…

MiguelGomes disse...

E de quantos desenhos precisamos para nos conhecermos a nós mesmos...

mixtu disse...

abraço, sim senhor e revi-me nesse desenho... yaya
isso agora...

Sea disse...

um :) e bom fim de semana Eli

António disse...

Querida Eli!
Muito bonito este post.

Beijinhos

Corvo Negro disse...

Gostei do desenho e... das palavras.
Posso linkar-te?

Eli disse...

Obrigada a todos.

Lilith's Lover: podes, mas não consegui abrir a tua página.

:)

Anónimo disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»