Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, junho 09, 2008

Passos


Sabes quando uma música nos mostra como caminhar?! Nunca sentiste o ritmo no andar?... Como se os pés não calcassem apenas o chão, mas contassem histórias a cada passo... Sabes, o meu pensamento é assim muitas vezes, flui à medida que caminho, não vendo nada, mas absorvendo tudo o que me passa à frente dos olhos. Ora atenta, ora distraída, mas sempre eu com uma força enorme, mas sem nada forçar! A naturalidade de um pensamento transmite vibrações positivas ao Universo. Os pensamentos recalcados e pouco ou nada expontâneos tornam-se viciantes e, às vezes, parecem nossos, mas não o são, pois são reflexos com respostas prontas e "encomendadas" por outros.
Eli
:))
P.S. Palavras escritas originalmente num mail para alguém (por Eli).

19 comentários:

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
Procura arranjar pensamentos novos, pois só esses te poderão ajudar a criar novas realidades.
Um beijo
Daniel

Talk Talk disse...

É engraçada a analogia, pois para mim as melhores músicas são aquelas que parecem fluir naturalmente... com os pensamentos igual!

Um beijinho

José Miguel Gomes disse...

Conhece-te... Deixa-os vir... Deixa-os ir...

Parece mais fácil de dizer do que fazer (sei-o bem).

Fica bem,
Miguel

EDUARDO disse...

Isso agora... É que são passos passados com firmeza!!
Passei por aqui Eli, um beijão grande!

Paradoxos

Marco disse...

Aquilo que escrevemos é o resultado do que pensamos, e o que pensamos é o resultado do que vivemos desde que nos lembramos de nós próprios. É por isso difícil ser original, mas não é impossível. Basta sermos a soma das nossas experiências ao invés da cópia de experiências dos outros.

Nelsinho disse...

Sei exatamente o que dizes, Elinda!

Um beijo

João C. Santos disse...

Os sentidos são sempre a originalidade mais fria do ser humano...

Moon T disse...

Já!

João C. Santos disse...

Boa semana;)

Sorrisos em Alta disse...

Isso é muito bonito para pessoas como tu, que pensam, logo existem.
Para os que como eu, que não pensam...

Ah, e eu de música também não percebo nada. Na-da....
;o)

Beijocas

vero disse...

Sim já! :)

Deixo-te um beijo

( sou a irmã da butterfly ;) )

João disse...

Como tudo na vida fosse o que imaginamos,sem pensar,agir ou por vezes sentir....
Revejo-me ás vezes nas palavras de outros,como se d´uma dança se trata-se,já imaginaste o poder da leveza dos corpos quando estás nos pícaros da imaginação?
Quando sentires paz total interior,
entrarás num mundo puro e belo,
e qualquer passo que dás sentirás te bem...
Um beijo Eli ;)

João C. Santos disse...

post novo?

Sorrisos em Alta disse...

Queres lá ver que ela deu tantos passos que agora não sabe o caminho de volta para o blog???

João C. Santos disse...

passei e como não vi post novo deixo uma boa tarde

Sorrisos em Alta disse...

passo... passo....
Passo para o post seguinte

João C. Santos disse...

pois eu também passo

PoesiaMGD disse...

Pensamentos e mais pensamentos...
Mais um belo texto!
Bj

AugustoMaio disse...

Bom e bonito. Texto e blog.