Agora nem nómada, nem emigrante.


sábado, março 14, 2009

Imagem


Talvez haja uma noite em que escrevo de manhã. Talvez haja um sol de meio-dia que se transforme numa noite sombria. Talvez uma imagem diga aquilo que não escrevo. Talvez haja um dia só para mim, para que o amor reine nos corações e olhares daqueles que me vivem e me querem com aquela energia positiva. Sem mais palavras, sem explicações, quero a compreensão de mim sem justificações. Hoje não vou dar aquele grito tantas vezes necessário. Não tenho espaço. Hoje não vou beijar daquela forma resplandecente. Hoje, não vou ficar à espera, nem vou lutar. Hoje sou!
:)
Eli

8 comentários:

Amaral disse...

O nosso poder racional conduz-nos quase sempre para uma procura no exterior.
Teimamos em desejar, possuir, controlar, fazer-nos depender disto e daquilo.
Quando uma outra forma de estar surge no nosso pensamento e a aplicamos... acabamos por verificar que há mais maneiras de vivenciar a vida que não nos deixam dependentes de ninguém nem de nada.
Alcançado esse estágio, tudo o resto parece renascer como por encanto...

Daniel Aladiah disse...

Q fazes muuito bem! Eli, sê!
Um beijo
Daniel

João disse...

Muiiiiitoooos Parabéns!!! Neste dia especial... que é só teu.
Passei só para te relembrar que gosto muito de ti.
Obrigada por tudo o que tens feito por mim e comigo.:)

Beijinho grande.

Leta :)

Nilson Barcelli disse...

Gosto que sejas tu, tal e qual és... a foto e o texto, belíssimos, em sintonia.
Gostei, muito.
Boa semana para ti, beijo.

Eli disse...

Amaral

Apesar de ainda não ter respondido às tuas palavras, quero que saibas que já sorri (por dentro) com elas.

Obrigada!

:)

Eli disse...

Daniel Aladiah

Precisamente!

:)

Eli disse...

Leta

Tu sabes a importância que as tuas palavras significam para mim, assim como a tua presença na minha vida, paciência, disponibilidade, amizade... És das melhores amigas que já pude conhecer! Parabéns por seres assim!

:)

Eli disse...

Nilson Barcelli

Tão querido! Não tanto assim, mas obrigada! Sabe muito bem ler algo assim!

:)