Agora nem nómada, nem emigrante.


terça-feira, junho 02, 2009

O calor da vela

Foto: By billbr
E quando a música já começa a meio e quero ouvi-la desde início?
E... quando não tenho acesso aos alicerces e não quero perder as paredes?
E quando... vejo uma vela a arder no Verão e anseio que o seu perfume me dê respostas?
Vou estalar os dedos e fazer magia.
Vou acreditar tanto que vai acontecer, porque um amor não se despede assim sem olhos nos olhos e dedos entrelaçados.
Gostava que lesses aquilo que escrevo e me visses.
Aquilo que sou é abafado pelos sentimentos profundos.
O desejo abala as palavras e instalo o silêncio.
És pretérito imperfeito.
O presente salta em cada frase.
"Ainda te quero."
Não uses a magia do desaparecimento em teu proveito e minha culpa.
És mais.
Tornaste-te mais do que uma dança.
E ainda sorrio quando leio aquelas mensagens...
Quero mais.
Eli.
:)

18 comentários:

Ricardo disse...

"Não uses a magia do desaparecimento em teu proveito e minha culpa."

:/ Tens umas tiradas interessantes :p

Eli disse...

Ricardo

Acho que apontaste na frase certeira. Interessante ou não, é uma relidade! Não desisto! Estas "tiradas" são a força da continuação!

:)

preto [e] branco disse...

Eli,

Começando pela maravilhosa foto, termino, já, dizendo que, no seu todo, hoje me ofereces um prazer "Enorme" na leitura das tuas "soberbas" palavras que "poeticamente" chamam por mais.

"Quero mais"

bj...nho

Professorinha disse...

Nem me fales das mensagens... Por vezes é o que anima uma pessoa...

Bjs

Amaral disse...

Mais do que o calor duma vela, mais do que é desejo de querer!...
Querer mais, ser mais... e deixar que a música se faça sonho no êxtase do bem-querer...

Anónimo disse...

como prometido, cá estou eu a ''cuscar'' um pouco mais de ti.
gostei do jeito intimista da tua escrita. gostei muito deste post.
voltarei mais vezes.
:-)
em_segredo

Eli disse...

preto [e] branco

Sorriso grande! :)

Afinal estes reforços positivos só me fazem voltar com mais vontade!

:)

Eli disse...

Professorinha

Concordo! Elas são um "sinal"!

:)

Eli disse...

Amaral

Ainda não perdi a capacidade de sonhar! Essa ninguém me rouba mesmo!

:)

Eli disse...

Anónimo em_segredo

Volta sim e deixa-me ler as tuas pegadas...

:)

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

mixtu disse...

... e quando se deseja o desejo e ele não aparece?

... e quando o quando nos preocupa?

há que hacer magia... a magia do caminhar... pois é ao caminhar que se faz o caminho...

abrazo serrano

Eli disse...

O Profeta

Relembro-me da música que ouvia outrora no teu blog. Não sei bem qual era, mas dava um sentido... brilhante ao que lia.

:)

Eli disse...

mixtu

Essa filosofia de vida é-me familiar. Interessa-me o caminho, o desenvolvimento. Concluir de vez enquando, mas apenas batalhas, para nunca finalizar ou estagnar esta guerra diária!

:)

Rafeiro Perfumado disse...

Vela a arder no verão?!? Depois queixa-te que está calor!

Beijoca!

Parapeito disse...

...é como dizer: e quero te tanto meu Tanto :)
Gostei do calor desta chama
***

Eli disse...

Rafeiro Perfumado

Lado positivo: é uma boa forma de eliminar outros cheiros. Por exemplo, aquele cheiro que fica na cozinha quando estás a cozinhar!

lol

(Tinha que descambar, não tinha?!)

:)

Eli disse...

Parapeito

É uma forma de o dizer!

Cada um descobre a melhor a cada vez que o diz...

:)