Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, janeiro 21, 2010

Sementes


Imagem daqui

Ando a ouvir uma música
Difícil de explicar

Os braços e as danças
O som do mar
Os dedos enrolados nas traças
O som do beijar

O toque público
Nas redes que insistem perturbar
O silêncio súbito
Saudando um tal abraçar

Nesta noite, planto mais um sonho
Semeio, serenamente, sementes

Assim, sem sentimentos brutais
Baloiçar

Esperanças sussurradas ente dentes.
Adivinhar...

:)

Eli

24 comentários:

xenevra disse...

Escoito a música dos versos que move os beizos a bailar, deixándose arrastrar 2-4-4-2
e 1 + case medio
e 1 + case medio

fiquei a respirar nos pontos de suspensión.

bailei ao teu son ;)

Eli disse...

Olá xenevra!

Pelo pouco que percebo de espanhol, parece que percebes disto mais do que eu! Parece que até reparaste no número de versos.

Como é bom alguém nos ler e compreender. Sabes, muitas vezes na minha vida eu só peço compreensão às pessoas realmente importantes, aqueles aos quais posso chamar de amigos!

Muito obrigada pela tua opinião!

:)

xenevra disse...

Aisss, desculpe que não lembrei de escrever no português e fixe-o em galego.

O que dizia era que "Escuto a música dos versos que move os beiços a bailar, deixando se arrastar 2-4-4-2
e 1 + case médio
e 1 + case médio

fiquei a respirar nos pontos de suspensivos.

bailei ao teu som ;)"

As nossas línguas, galego e português são muito parelhas ;)

Eli disse...

xenevra

Eu percebi o seu sentido. Consegue-se entender, pois, como dizes, é parecido com o português!

Obrigada por teres voltado!

:)

Sorriso grande para ti.

:)

Marco Rebelo disse...

gracias pelo teu coment e gracias pelo teu post..kiss kiss :)

Daniel Aladiah disse...

Querida Eli
Pois é, nada de desistir dos sonhos...
Nestes anos só encontrei uma pessoa que me comentava e, efectivamnte, nunca fui a nenhum encontro. Mesmo quando colaborei numa antologia, a minha vida profissional não me deixou ir ao lançamento da obra, onde conheceria alguns dos que por aqui andam. É a vida. Tudo tem um significado...
Um beijo
Daniel

MZ disse...

E não serão os sonhos as sementes das esperança?

beijinhos

João disse...

Pelas palavras Eli, boa coisa é, espero que esteja tudo bem contigo é sempre bom reviver belos espaços que outrora nos fizeram viver!

Nilson Barcelli disse...

Belos sons poéticos, querida amiga.
No penúltimo verso, está ente. Será gralha e é entre?
Sem isso, não adivinho... eheheh...
Querida amiga, bom fim-de-semana.
Beijos.

Salvador d'Almeida disse...

fiquei sem saber como aceitar, mas sim, leio em voz alta, lido por mim, que escrevi faz mais sentido do que lido por outra pessoa, pq dou o ritmo que sinto, entao e tu?lês em voz alta?ajuda...gostei;)

Anónimo disse...

Não me vou alongar muito acerca da beleza do poema, pois já começa a ser hábito que nos brindes com palavras que rimam, mas, muito mais importante, palavras que têm vida.
Será impressão minha ou ''postaste'' às 4h23m?? Isso são efeitos das férias nalgum paraíso tropical, ou é desrespeitar a regra que eu (não) sigo , de fechar a tasca à 1h30m?
Ai ai ai!! :P
:))

em_segredo

litleflower disse...

Olá amiguinha

Vim depositar um pouquito de água nas tuas sementes, para que brotem com todo o vigor.
O toque , o contacto físico, o perfume, o aconchego de dois braços...sementes que lançaste e perduram... sementes de amizade!

Continua a semear , porque muitos te ajudarão a cuidar 'das tuas plantas'.............

Sonhar é prolongar a existencia...é viver para lém da realidade... é SER!

Anónimo disse...

:-)

Beijos

segredos disse...

neste espaço que visito pela primeira vez, deparo com palavras que se revelam com desejos por enquanto vividos no sonho mas... onde reina a esperança.

Obrigado

Eli disse...

Marco Rebelo

Não precisas de agradecer comentários ou posts, mas, já que o fizeste, agradeço-te também!

hehe

:)

Eli disse...

Daniel Aladiah

Sim, de facto tudo tem um significado, mas é aquele que lhe dermos. Se não conseguirmos ver todas as perspectivas, não conseguirimos ver todas opções no nosso caminho...

Para reflectir... ou então... não!

Obrigada e fica bem!

:)

Eli disse...

MZ

Os sonhos podem ser por si só a esperança e as sementes são o primeiro passo para a sua realização!

:)

Eli disse...

João

Gosto quando vem alguém passado que chega e diz "estou aqui"!

:)

Eli disse...

Nilson Barcelli

Sim, era "entre", mas... depois ficou assim. Os erros nem sempre têm que ser corrigidos...

HEHE

Ainda bem que gostaste! Boa semana!

:)

Eli disse...

Salvador d'Almeida

Confesso que não costumo ler em voz alta, mas quando o faço com verdadeiro sentido, arrepio-me...

:)

Eli disse...

em_segredo

Sim, o relógio deste blog está escondido, mas não falha! Sim, a hora do recolher também não tem sido muito cumprida por mim... se eu tivesse alguma... lol

Olha, mas, de qualquer forma, obrigada por escreveres coisas boas sobre o que escrevo. É bom ler!

:)

Eli disse...

litleflower

Pego nas tuas ideias com carinho, pois é o que sinto quando te leio e lembro-te o que tu mesma escreves-te "SER". Não te esqueças de parar (por vários longos momentos) de "fazer" e sê FELIZ!

:)

Eli disse...

Anónimo

Vale a pena perguntar "quem és tu?" que me deixou um sorriso e beijos?

:)

Eli disse...

segredos

Olá!

Penso que te enganaste, pois além de teres passado por cá, também deixaste um comentário ao qual respondi.

Também visitei o teu blogue, o qual não permite comentários...

Obrigada eu por teres vindo!

:)