Agora nem nómada, nem emigrante.


quarta-feira, março 03, 2010

Escrevendo-me...

Imagem de Eli

As retóricas e as respostas são espreitadas, ou ando a fingir que me matriculo nas encomendas do futuro e... por que não colocar todas essas ideias em prática?!

Ouço uma música que me inspira terrivelmente. Sinto-me apaixonada por dentro. Estranho, quase adrenalina. Não me vou sensibilizar-me. O mérito nem é medido com moedas. Ainda que eu as quisesse lançar àquelas pedras geladas para que me devolvessem só um bocadinho de normalidade. Gosto de evidenciar aquela peça. O jogo nem começa. A sorte não está lançada. Cruzam-se as pernas. A estrada move-se a passos largos, enquanto anoitece. Dão-se as mãos. Juntam-se os lábios. Uma boca, um sorriso ténue...

Até aqui escrevi eu, queres continuar?

:)

Eli

21 comentários:

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Mas será sorriso? Será beijo? Será verdade? Ou é auto-estrada da ilusão que fenece em mim, ludibriando o sentir que não existe?

continuando assim... disse...

convite para seguir a história de Alice , lá no --- continuando assim --- ainda vai no princípio :) espero que gostes

bj
teresa

Anónimo disse...

''Uma boca, um sorriso ténue...''´
Há sensações que despertam, dando vida a vidas e a existências que se pautam pela ausência de emoções fortes e de momentos marcantes e inesqueciveis.
Será o sorriso ténue, sorriso timido como a noite que se avizinha, um sinal de mudança, de transposição de novas fronteiras que nem chegam a sair de nós mesmos,mas que nos levam tão longe?
Não sei! Será que alguém sabe?
...
A curiosidade matou o gato, já dizia a minha avó.Ainda para mais, não vejo sinais visíveis desse tão apalavrado mail, para, tal e qual como se fosse um gato curioso,ousar meter as ''patas'' em territórios nunca antes navegados (por mim). :P
Beijinhos eu sou? Espero que seja pelo menos um beijinho bom. lol
:-))

em_segredo

Nox Lilin disse...

...cerro os olhos e entrego-me de livre vontade à escuridão. Deixo-me guiar pela viagem da qual nem sei qual é o destino.

Olga disse...

O futuro é de cada um de nós, e só pode ser escrito com amor. (Talvéz não escrevo nada de jeito).

Vagabundo Social disse...

Posso continuar... Bem, depois do "sorriso ténue", talvez se juntem os lábios outra vez, e de seguida um passeio à beira-mar numa noite a fugir para o fria, no paradão mal iluminado, enquanto se sente o cheiro a sal e os lábios tornam a juntar-se novamente... Sei lá... Depois pode cair um cometa ou assim... LOL Olá Eli, obrigado por mais uma visita tua no meu adormecido blogue... Um comentário em cada post talvez seja um bocado difícil, por isso eu depois vou ter de comprar o livro... Tens uma letra bonita; gosto de olhar para ela... Achei essa ideia, de fazer um post mostrando a nossa letra, muito engraçada... Tou a pensar aderir-lhe... Beijinhos**

Nuno disse...

Hum... Não vou arriscar estragar um texto bonito. :)

Beijitos,
Nuno.

Pedro Lima disse...

Essa estrada desenha-se ante meus olhos tão cambiante como um entardecer matizado num céu opressor de verão!


Eli, sigo tuas linhas. Obrigado por seguir as minhas, apesar de teu silêncio! Próximo vez quero-te ouvir em berros ensurdecedores!

mixtu disse...

acontece... o amor

tambem gosto de evidenciar...

abrazo serrano

vituu disse...

Um dia eu quero escrever desse jeito com tamanha intesidade em todas as palavras tecladas, pensadas e sentidas gostei muito parabens.

vituu disse...

Um dia eu quero escrever desse jeito com tamanha intesidade em todas as palavras tecladas, pensadas e sentidas gostei muito parabens.

Eli disse...

Daniel (Lobinho)

Obrigada pela tua participação inspirada.

:)

Eli disse...

continuando assim...

Obrigada.

:)

Eli disse...

em_segredo

Confesso que gostei particularmente deste comentário. Claro que tu já devias saber disso, mas escrevê-lo dá-me um certo prazer...

Os teus comentários enriquecem estas páginas de uma forma constante e especial. Agrada-me.

Com um sorriso, espero esse tal contacto. O mail está mesmo ali.

Obrigada pela tua participação.

:)

Eli disse...

Nox Lilin

É tão bom ter a confiança para fechar os olhos e deixarmo-nos ir..

:)

Eli disse...

Olga

Quem disse que não escreves nada de jeito? Há muitos pensamentos que não escreves e que dariam belas frases...

:)

Eli disse...

Vagabundo Social

Muito obrigada pelo que escreveste aqui. É tão bom ler essas palavras sonhadoras!

:)

Eli disse...

Nuno

Isso é modéstia a mais ou preguiça?

:)

Eli disse...

Pedro Lima

Gostei das cores com que pintaste este texto.

Obrigada.

:)

Eli disse...

mixtu

A suavidade escorre-me dos dedos para as linhas...

:)

Eli disse...

vituu

Quando escreves o que sentes, a intensidade transborda.

:)