Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, maio 06, 2010

Pés

Imagem de Eli

Descalcei-me. Senti a pele do sonho sem o pisar.
Deliciei-me com o perfume da poesia.
Transbordas-me.

Eli

:)

18 comentários:

Milhita disse...

Sensação doce. Uma espécie de despertar. Gostei de aqui vir.

Rambaldini disse...

Já te tinha dito que adoro andar descalço?

;)

izzie disse...

Pés descalços e relva fresca... junção perfeita :)

Beijinho,

Anónimo disse...

É rarissimo conseguir lembrar um sonho.
Ao contrário de ti, eu acho que piso os meus sonhos, os que tenho a dormir e alguns que sonho acordado, e nem sou muito pezudo. :P
:))

em_segredo

Olga disse...

Uma frase que disse tudo, uma foto bem escolhida. Parabéns. Beijinhos.

ana disse...

Humm, prazer! ;)
beijito ***

Eli disse...

Milhita

Que bom! Ainda bem! Volta, sim?!

:)

Eli disse...

Rambaldini

Hmmmmmmmmm...

...talvez...

:)

Eli disse...

izzie

...que devia aproveitar mais vezes!

:)

Eli disse...

em_segredo

Não sei se piso os meus sonhos a dormir. Aqueles que tenho acordada não são pisados, pelo menos por mim!

Sendo ou não pesudo, umas pisadelas de vez enquando não fazem mal a ninguém!

:)

Eli disse...

Olga

Obrigada. Nem sei bem como as escolho... depois aquilo sai-me assim mesmo!

:)

Eli disse...

ana

Oh! Sim! (lol)

:)

Shell disse...

Tão bonito ! :) *

Eli disse...

Shell

Obrigada!

:)

Fragmentos Culturais disse...

... muito belo!
Bom não pisar 'a pele do sonho'... há que continuar a sentir 'o perfume'!

Beijinho

(Bom jantar... mais logo! Muito divertimento!)
;)

Natália Augusto disse...

Superação doce. Êxtase. Milagre.

Leve e lindo, como sempre.

:)

Eli disse...

Fragmentos Culturais

Que pena que não foste. Senti a tua falta. Espero que o perfume dos sonhos te polvilhe a noite...

:)

Eli disse...

Natália

Leve para não calcar nesta dança...

:)