Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, maio 03, 2010

Seguindo...

Imagem daqui

Talvez os sinais sejam demasiado óbvios.
Vejo o meu caminho. Gosto.
Há cada vez mais coincidências na minha vida. 

Eli

:)

12 comentários:

izzie disse...

É o que acontece quando se abre e liberta o coração e a mente.
E eu que sorrio tanto a este post?...

Vivam os sinais, viva a froça implicita neles.
Eu vou acreditar nos meus para partilhar essa visão contigo, bale?

Beijinho,

Poetic GIRL disse...

Toca a seguir em frente! bjs

Anónimo disse...

A Eli segue...
formosa e segura?
Boa viagem.
:))

em_segredo

Celisol disse...

És uma privilegiada. Ver o caminho não é para todos.
Só não te esqueças de ir olhando para os lados à medida que vais avançando :)

Boa semana

Rambaldini disse...

És grande!

Lês os sinais, vês o caminho e segues em frente! Os sinais são sempre óbvios... e talvez não haja coincidências... está tudo na nossa cabeça!

;)

Eli disse...

izzie

hmm Sorris a este post porquê?

E... estou receptiva às partilhas!!!

Obrigada.

:)

Eli disse...

Poetic GIRL

...porque os caminhos para trás já foram percorridos.

:)

Eli disse...

em_segredo

É precisamente isso. Cada vez acertas mais!

:)

Eli disse...

Celisol

Eu ACHO que vejo. Eu escrevo muitas coisas aqui que não são certezas! Mas, ninguém tem certezas absolutas sobre o futuro.

:)

Eli disse...

Rambaldini

Sou.

Existem coincidências, é um facto. Eu tropeço nelas!... Há quem lhes chame destino. Sigo em frente, mas os sinais não estão apenas na minha cabeça! Há espaço para a inteligência, intuição e muito mais!

:)

Obrigada.

Olga disse...

Parece-me muito bem Eli.

Eli disse...

Olga

A mim também.É bom!

:)