Agora nem nómada, nem emigrante.


segunda-feira, setembro 05, 2011

Areia molhada

Imagem de Eli

Lembro-me de caminhar por ali, sozinha, numa areia quase húmida, deixada por todos aqueles que só se lembram do mar no Verão. Recordo aquele dia, numa precisa tarde que passei comigo há quase há um ano. Agora, relembro um mar de saudade que me abre as portas do sonho.

:)


4 comentários:

Pedro Gaivota disse...

"...areia quase húmida..."
Cuidado!
Nem sempre é o mar que a humedece...

:)

mfc disse...

Andar na areia é bom para podermos pensar!
Continua a dar uns passeios...

JP disse...

Ora aí está uma forma de nos encontrarmos a nós mesmos... passear na praia mesmo que seja no Inverno e sentir nos pés cada grão de areia...

bjs

Eli disse...

Pedro Gaivota

Então? (lol)


mfc

Estou mesmo desejosa disso.


JP

E arrepiarmo-nos com a imensidão.

:)))