Agora nem nómada, nem emigrante.


domingo, março 04, 2012

Da procura...



Deixei de procurar. Hoje coloquei aquele ponto final na busca. Não quero saber mais de lutas e desafios loucos sem conclusão alguma. Apetece-me ficar à espera que me encontrem, ao menos por hoje... Estendo-me no sofá, como se o meu conforto trouxesse alguma coisa. Não desisti. Não, não deixei de sonhar, mas acredito sozinha, por um pouco. Entretanto, ouço uma música que um ente qualquer me enviou em tempos e me faz ver lados negativos, coisa pouco comum em mim. Eu quero sempre mais. Nota-se pela minha letra e pelo meu desejo. Não me resigno. Preciso de um momento em que me sinta inteira e não apenas aquela que tem um pedaço, uma metade por aí. Incompleta. Deixem-me ficar aqui, envolta no escuro, para que deja difícil encontrar-me, porque eu já me cansei de deixar as portas abertas... Também se espera que seja Natal, pacientemente...

Eli

:)

20 comentários:

Buxexinhas disse...

Acabaste de descrever a minha posição no Amor... Mas não hoje... Sempre... ;)

Beijinhos ***

Fernando Santos (Chana) disse...

Espectacular....
Cumprimentos

Observador disse...

Se disser algo, arrisco-me a 'sujar' este belo texto.

Cumprimentos

Eli disse...

Buxexinhas

Há sempre alguma coisa que muda, na nossa caminhada.

:)

Eli disse...

Fernando Santos (Chana)

Cumprimentos e obrigada, sinto-me lisongeada por o ter escrito...

:)

Eli disse...

Observador

O que escrevesses seria para o completar/complementar. Impossível sujá-lo, principalmente com boas intenções!

:)

mfc disse...

Há alturas em que nos precisamos de recolher dentro de nós e esperarmos um pouco que as coisas aconteçam!
Passarmos de "procuradores" a decisores...!
Mas as duas "actividades ... precisam de complementaridade.
Beijos e foi um prazer muito grande ler este texto.

Jorge disse...

Uma pessoa precisa, a certa altura, de tomar consciência, olhar para dentro e... reflectir.
Grato pela visita ao Scorpio.
Uma boa noite,
J

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Muito bom texto. Por vezes temos de parar um pouco e refletir, pensar duas vezes..

Brown Eyes disse...

Não sou de ficar à espera mas adoro uns minutos no sofá.:) Beijinhos

S* disse...

Não gosto dessa ideia de resignação...

Rafeiro Perfumado disse...

Isso é ter muita confiança no Google, Chrome, Safari e afins.

Beijoca!

Manuel Luis disse...

Não esperes pelo Natal porque Ele vai acontecer! Vive primeiro a Pascoa e a comunhão de fazeres o que te faz sentir bem. Deixa a porta aberta, nunca a feches pela ultima vez.
Excelente tema.

Eli disse...

mfc

Prazer por ter lido um texto meu?! E eu já disse o quão querido és?! Obrigada. :) Quanto à recolha... debruço-me sobre isso, mas não sei o que concluir...

Eli disse...

Jorge

E olha que faço muito disso por aqui. Volta sempre.

:)

Eli disse...

Rui Pires - Olhar d'Ouro

Bons são os meus leitores!

:)

Eli disse...

Brown Eyes

Por isso mesmo falei de um momento...

:)

Eli disse...

Rafeiro Perfumado

Ou apenas uma paragem para não esperar!

lol

Eli disse...

S*

Quando li o teu comentário, fiquei a pensar na ideia que transmiti. Óbvio que mesmo sendo um texto, um momento, há que parar também, mas gostei do que disseste.

:)

Eli disse...

Manuel Luis

A ideia da espera é algo sobre a qual muitos se debruçam, embora talvez não pensem em mudá-la por uns momentos. Não fecho portas, nem janelas... embora por vezes, prefiram mantê-las encostadas e trancá-las... mas nunca eternamente.