Agora nem nómada, nem emigrante.


quinta-feira, agosto 10, 2006

Quebras


Ensurdecedora a música que faz com que não ouça mais nada. Apenas me embala esta música que me envolve, não há mais nada, não me possui, apenas está em mim. O tempo deixou-se ficar, cambaleando até ao meu regresso. Não vivo, não sobrevivo, apenas olho com os olhos dos que me baixam o volume... mas, de que vale ouvir mais algum som?! Eu só quero a música. Um dia, um homem especial, ofereceu-me uma ampulheta, o meu objecto preferido, já que tinha aprendido a esperar por ele. Ele ensinou-me com a sua alma meiga e gentil... mas, de que valeram todos os sinais?! Passou o tempo e passou ele, ficando como uma óptima recordação e o objecto contou o tempo do que viria a seguir. Os sinais mostraram-me apenas o caminho da aprendizagem. De que vale sonhar com momentos certos, se eles não existem?! Como areia escura antecipada, o rumo me foge por entre as mãos... como uma tela abandonada pelo pintor que a deixou a meio, pois correu em busca de equilíbrio... e a Psicologia não traz mais nada que o Carpe Diem de tantos momentos em que sorri, dancei... para quê escrever a alguém que não responde?! Ora... porque eu vivo cada momento e foi assim que os vivi até que descobri que tinham acabado e não tinha a retoma das palavras... e... deslizarei mais?! Flutuarei mais daquela forma escorregadia entre lençóis?! Ah! Como cada pensamento me leva a mais e não a menos do que já tinha. Não conquistarei, não serei conquistada. Acontecerá um belo amanhã envolto em pétalas sedentas de toques quentes e profundos... e embalo-me numa música alta que me inspirará outras danças...
Eli
:)

22 comentários:

Clife disse...

Cheguei 1.º weee!!! Já volto lol *

Clife disse...

"e embalo-me numa música alta que me inspirará outras danças..."

só devo acrescentar isto... pois dizes tanto e tudo nessa frase =)

:hug: *

.*.Magia.*. disse...

Eli...

O tempo que escoa entre dedos...as danças que nos prendem os pés e os bailados que nos dão asas...

Adorei mais uma vez o teu texto, sempre com o teu traço, a tua forma muito peculiar de escrever...

Beijinhos muito encantados

filos disse...

A menina dança?

Eu via dançar... e dançou bem, dançará ainda melhor quando encontrar um par que saiba partilhar...

MiguelGomes disse...

Allways dancing...

Fica bem,
Migueç

butterfly disse...

LINDO!! aforei especialmente a frase em k dizes:"De que vale sonhar com momentos certos, se eles não existem?!"...pois é essa a realidade,por muito que se deseje um momento certo,um momento em k tudo seja ideal...
continua a dançar nessa tua música e se necessario muda a musica...não deixes é de dançar!!
Beijinhos!!

Nelsinho disse...

Belo texto, como sempre...

Bjs

Nelsinho

CM disse...

Embalada na espera do amor...
Sei o que é!
Beijo com essência de esperança...

GNM disse...

Fogo...
Qual filme? Super Man??? O Regresso!!

Sorrisos para ti!

A.J.Faria disse...

Uma bela manhã acontecerá...é esta esperança que deve acompanhar-nos sempre!
Bjs

relatosdeumruivo disse...

Eu estou sempre aqui, ainda que ausente...
:)

o alquimista disse...

Olha o bailado da garça no seu voar tão fagueiro, o bailado da garça envolto em nevoeiro...oh corações tão magoados que a manhã derramou...

Um doce e muito terno beijo

EMANUEL disse...

eu até estive para ler....mas era tanta coisa....k deu-m a preguici-t.e li metade....lololoo!!!
mas a foto é linda...loo



AQUELE ABRAÇO....

little_blue_sheep disse...

:D

bom domingo!
***

Paulo Sempre disse...

Nice. Thanks
Paulo

Cacau disse...

:) Já tinha saudades de te ler!

Gostei muito deste texto...


Beijinho

Kalinka disse...

OLÁ ELI:
Regressada de 1 semana de férias em Ermesinde - praia e piscina, aqui estou eu visitando o seu espaço criativo.
Já há muito que não ia dançar, fui na 6ª feira e...ensurdecedora a música que faz com que não ouça mais nada.
Apenas me senti embalada nesta música que me envolve, não há mais nada, apenas está em mim.

ADOREI: De que vale sonhar com momentos certos, se eles não existem?!
Ah...que palavras tão certas as tuas, ELI.

Como poderei eu descrever o que senti na 6ª feira, quando fui para a pista dançar...e embalo-me numa música alta que me inspirará outras danças...
ASSIM FOI...
Beijo-te com carinho.

GK disse...

Admiro a beleza do teu texto e confesso que gostria de o perceber melhor... mais objectivamente...

Eternal disse...

Carpe Diem =)
Beijinho Lunar

o alquimista disse...

Passei para te deixar um beijinho

Anónimo disse...

olé!à quanto tempo...!adorei o texto, reflecte bem a situação actual, eu sei, eu sei!com o tempo tudo passa e com ele vêm coisas novas...novas músicas, novas danças, novos pares.bjs

susana_aveiro

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! Awning product 92-95 honda civic Montreaux homes escondido ca Mature cumshots free pixie stories xxx Dewalt factory reconditioned batteries Xxx fucking group sex Tax credit tankless water heater counter cream ice machine top Mexico meds ultram