Agora nem nómada, nem emigrante.


domingo, setembro 10, 2006

Cogumelos


São perspectivas. São palavras. São sonhos. São cogumelos.
São árvores e paredes camufladas por cabelos esvoaçantes, como nomes de aves raras e significantes para corações atentos e cultos.
Sinto-te a aprender em mim e que te aprendo todos os dias, sentindo mais e mais...
Sinto-te a crescer em mim e os ramos das árvores florescem apenas com folhas verdes que se tornam castanhas ao nosso olhar e as cores são sons nos meus ouvidos pálidos e esquecidos de passado.

Eli

:)(:

P.S. Foto nossa!

8 comentários:

Clife disse...

Tou cheio de sono, nao ia dizer nada de jeito... por isso quando acordar volto aqui lol... no entanto ja liiiiiiiiiii =)

Sofia Covas disse...

Muito bonito... Como tudo o que se lê por aqui! *

Amaral disse...

Como as tuas cores sonoras, assim se torna real a perspectiva da vida.
Porque nessa perspectiva brotam raízes novas de um outro amanhecer!...

Clife disse...

Bem, já tou bem acordado...

só venho acrescentar que... o que escreveste revela essa tua inspiração causada por algo que te preenche e coloca lá naquele ponto alto e assim sentindo aquele vento que sabe tão bem... sorris porque és tudo isso que escreveste... és sentimento ;) *

Kalinka disse...

OLÁ AMIGA ELI

Venho convidá-la a espreitar o novo artigo no kalinka.

Faço a divulgação das festas anuais da vila onde vivo há 25 anos, que se realizam esta semana, tendo hoje - domingo - o ponto alto com a Procissão de Nossa Senhora da Boa Viagem.
Costuma aparecer nas notícias das 20 horas, é uma romaria muito conhecida a nível nacional.

Bom domingo.

filos disse...

È tão bom ver-te assim de sentidos despertos e com sentimentos lindos e crescentes..

Cláudia Faro Santos disse...

Tão bonito =) *

Um outro olhar disse...

bonita foto e texto

"São perspectivas. São palavras. São sonhos. São cogumelos."
no fundo são vida, ou uma forma de vida

...

:)