Agora nem nómada, nem emigrante.


terça-feira, dezembro 01, 2009

The "Encontrei-te"



Cortando nas casacas dos blogueiros...


A pedido de várias famílias (digo isto para soar bem, pois vai parecer que tenho montes de pessoal a ler o que escrevo), cá estou eu a falar (vocês ouvem a minha voz) sobre "The Encontrei-te". Até porque eu já me "desbronquei" com todos os que tiveram a oportunidade de privar comigo...
Pronto, já está. Agora, clico em PUBLICAR MENSAGEM e ficam todos contentes.

Mas, Eli, onde está o teu ponto de vista?!

Bem... sob a minha perspectiva, superou espectativas. Como eu disse lá, eu fui! (Isto é para despistar os que não lêem até ao fim). Logo a seguir, como "balanço", referi que ficou algo dentro de cada um. Como disse o F., foi um jantar de amigos. Afinal só com amigos é que me rio tanto num jantar.

Não, eu não fui ao jantar só para pedir um autógrafo (apesar de ter parecido inicialmente) ao RP (não, não é Relações Públicas)! Afinal, não tinha mais para fazer, segundo a minha agenda electónica, uma vez que já o tinha marcado há muito tempo...

A falta de pontualidade deixou-me preocupada. De quem?! A minha. Afinal, eu (quase) nunca falho nisso. Mesmo. No entanto, sendo eu a blogueira de mais longe, tenho desculpa... No próximo encontro vou chegar a horas e ficar à espera... Se calhar, nem aparece ninguém quando souberem que eu já cheguei.

Bem, à chegada, dois dos presentes tiveram logo que mudar de lugar. O quê? A culpa não foi minha... Os senhores do restaurante queriam aquela mesa. Só não percebo por que é que ninguém jantou nela... E ficou ali ao lado a noite toda... Enfim. Isso fez com que eu ficasse bem situada, mesmo a meio da mesa para não perder muito. Só que fiquei encurralada, não podendo sair mais dali. O xixi não apertou? Até me esqueci que tinha que ir à casa de banho. Mas, excepção, quando chegou o L., pedi muita licença para cumprimentar com um abraço. A partir daí, chegaram mais pessoas (e mais e mais). Assim muita qualidade de pessoas! :))))))))))

Comeu-se muito bem. Mas, nem que não fosse para jantar, eu teria ido na mesma.

Gostei muito do facto de cada pessoa apresentar por detrás (ou pela frente, Rafeiro, eu estou a antever essa piadola... continuando...) um blogue com um cunho pessoal bastante distinto do outro... Confesso que se os blogues fossem sobre futebol, eu teria que fazer um enorme esforço para os ler e comentar. Não foi preciso. Todos são interessantes! Ena! Agora o pessoal que veio aqui deve pensar "ah e tal, era tão extrovertida e comunicativa pessoalmente e aqui agarra-se ao enigma e ao mistério". Afinal, não deixam de ser facetas um pouco ocultas uma da outra.

Este último parágrafo saiu-me grande.

Agora, que a maioria do pessoal que chegou aqui já deve ter adormecido e está a ressonar sobre o teclado, eu vou assumir. Não fui adepta da ideia logo desde o primeiro instante. O "Sair das Palavras" não era muito a minha ideia. Gosto de me manter incógnita. No entanto, ainda bem que mudei de ideias, pois só tive a ganhar, Sim, G. tinhas razão. Só conhecia realmente este amigo, mas ganhei uns tantos outros!

Há um ano atrás, no dia 22 de Novembro, dia após ao 21 (lol), ao do "Encontrei-te", tinha sido a apresentação do livro "22 Olhares Sobre 12 Palavras" no qual fui co-autora. Naquela altura também dei corpo à personagem que interpreto aqui, interagindo com os outros autores e demais pessoas que não me conheciam. Actriz? Sim, personagem, sim interpreto, sim sou uma actriz social. Desempenho o meu papel.

Foi uma forma de comemorar. Mas, que bela forma!

Neste jantar, houve de tudo: sorrisos, gargalhadas, grelhados, partilha, bebida, sensibilidade, artefactos, beleza, alegria, amizade, leitura de poesia (hmmmm, N.) escrita, algum mistério... Sim, ainda estou para saber quem é o A., afinal várias pessoas testemunharam a sua indicação de como desvendaria o enigma depois...

O que é certo é que a (minha) sobremesa foi bolo de chocolate fantástico e ainda tive direito a um passeio à beira do Tejo. Hoje, escrevo "para lá das lentes" (também, F.) e partilho-me tal como me ensinaram há algum tempo. Agora vou fazer o jantar na minha cozinha de dois metros quadrados.

Com sorrisos, agradeço-vos...

Eli

:)

22 comentários:

Gonçalo disse...

Eu Também Fui!

Confirmo que são mesmo dois metros quadrados de cozinha! Ah...também fui ao jantar :P

Volto mais tarde, para uma análise minuciosa...

:)

Anónimo disse...

Fiquei um bocado a apanhar do ar, sem perceber bem se este post relata o encontro que decorreu há dias atrás, não sei quando, nao sei onde, ou se relata um novo encontro.
Em qualquer dos casos, se te divertiste e passaste uns bons momentos, valeu a pena o encontro.
:)


em_segredo

Natália Augusto disse...

FOI UMA NOITE 5 *****
Adorei (acho que já te disse!). Não vou esquecer nunca o dia 21 de Novembro de 2009!

Este teu post é uma delícia! Parabéns.

Beijinho.

Eli disse...

Gonçalo

Leste uma palavra a vermelho e o último parágrafo. Olha que eu não falei da cozinha. Apenas fiz referência do que ia fazera seguir. Eu topo este pessoal a milhas. Espero que venhas mesmo ler. Tanto trabalho a carregar nas teclas para ter este comentário tão simples! Espero mais de ti!

Ops, onde me fui meter!

:P

Eli disse...

Em_segredo

Sim, falava mesmo do tal encontro. O que apanhares no ar é bem escolhido, pois no chão não há mesmo nada! (lol) E... como poderia haver outro sem sem devidamente publicitado aqui?!

Serás convidado, é óbvio!

:)

Eli disse...

Natália Augusto

Nunca é demais repetir a excelência daquela data! Está uma delícia porque sabe a lulas assadas e a chocolate. (hehe)

Quanto mais dentro do assunto estivermos, melhor sabe ler um texto assim. Este também tem enigmas. A diferença dos outros é que estás dentro do assunto para o decifrar!

Obrigada.

:)

casa de passe disse...

Bem, foi a primeira vez que passei por esta casa
e
li tudo
mas
estou a milhas
mas
mesmo assim
gostei.


Alice, a Fininha

Daniel Silva (Lobinho) disse...

E eu já acrescentei tanto, mas tanto no meu espaço, que será redundância tudo o que disser. Mas gostei do teu olhar sobre o jantar. Pena que poucos o tenham feito. Obrigado por isso :)

mixtu disse...

ora cá está uma boa iniciativa...

e como o encontraste... agora assumam-se...

yayya

abrazo serrano

Nilson Barcelli disse...

Li até ao fim, mas não sei bem do que se tratou.
O texto é um pouco fechado e só o sabe enquadrar quem lá esteve.
Talvez umas fotos do teu sorriso esclarecesse tudo... eheheh...
Beijos, querida amiga.

Eli disse...

casa de passe

Posso esclarecer o contexto: encontro de blogueiros. No entanto, isto é uma excepção, pois não tenho o hábito de explicar... isto é para saborear (caso se goste)!

:)

Eli disse...

Daniel Silva (Lobinho)

Confesso que estava à espera do teu comentário. Tinha expectativas elevadas. Agora, posso eu fazer as queixinhas... queria que tivesses dito mais, embora reconheça que não é necessário.

:)

Eli disse...

mixtu

Nós assumimos aquele encontro. Que tal ires a uma próximo?!

:)

Eli disse...

Nilson Barcelli

Olá! Falava do encontro de blogueiros. Se bem me lembro não podias ir. Espero que da próxima vez possamos contar com a tua presença.

:)

Fatucha disse...

Olá Eli! só vi agora este texto, desculpa n ter sido antes...
Muito bem escrito, sentido e bonito também...eu não tenho esta capacidade, eu consigo expressar-me em sintese, mas com isso não significa que sinta ou goste menos das coisas...
bjs:)

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querida Eli







adorei a narrativa "encontrei-te"_________penso que te divertis-te - é esse o objectivo:))

:)




deixo-te uma


flor




_________///







beijO________ternO
b.f-semana

Rafeiro Perfumado disse...

Primeiro, acho muito mal escreveres e ao mesmo tempo ires eliminando possíveis bocas minhas, queres apanhar, é? Vou repetir o que disse em outras alturas e, mais importante, lá. Gostei do jantar (acho que comi polvo) e gostei principalmente de conhecer aquelas pessoas com quem já privava a algum tempo no blogue. Lamento ser o rafeiro negro que não faz um texto alusivo ao jantar mas quero manter as amizades feitas ali! ;)

Beijocas!

Gonçalo disse...

Voltei!

:)

Este é o texto mais divertido que apresentaste no teu blogue e representa bem a tua personalidade, tal e qual como todos os participantes do encontro confirmaram, e quiçá ficaram surpreendidos, no encontro.

Só espero que mantenhas os enigmas q.b. e que mistures o mistério com a boa disposição, porque é aquilo que tu realmente és!


ESte blogue está cada vez melhor e mais frequentado, não será por acaso que este preciso texto está repleto de comentários. Pensa nisto ;)

(eu não comi lulas) :P

Um beijinho para ti e um abraço para todos os participantes e amigos do encontro :)

Eli disse...

Fatucha

Passa e comenta quando quiseres. Estás à vontade! Obrigada pela preocupação, justificação e simpatia.

Há quem não tenha capacidade de síntese, por isso, só posso concluir que ainda bem que não somos todos iguais!

:)

Eli disse...

Fragmentos Betty Martins

Nota-se bem. Sim, foi uma noite à maneira!

:)

Eli disse...

Rafeiro Perfumado

Que desculpinha rafeira... quando sabes bem que podes dizer o que quiseres que terás que levar sempre com (pelo menos) os meus comentários!

:P

Eli disse...

Gonçalo

Escreveste:

"ESte blogue está cada vez melhor e mais frequentado, não será por acaso que este preciso texto está repleto de comentários. Pensa nisto"

Para já, sempre que me vens com o "pensa nisto" é como se me desses um empurrão.

Quanto à quantidade de comentários, corresponde à quantidade de tempo que o post ficou aqui. Eu já tive muuuuitos comentários com o meu modo de escrever habitual. Além disso, sei que lêem o que escrevo apesar de não comentarem. Lamento muito, de facto, mas são opções dos leitores.

Porém, mesmo dizendo tudo isto, considero que a minha abertura na escrita não é má. Além disso, como já te tinha dito, não achaste este texto tão enigmático porque estavas completamente dentro do contexto.

Muito obrigada por teres voltado e por fazeres parte do dinamismo deste blogue.

:)